O FGAA11, ou FG/Agro Fiagro Imobiliário, é um fundo de investimento Fiagro que aplica seus recursos em créditos imobiliários rurais. Se você está buscando renda passiva com investimentos no agronegócio, o FGAA11 pode ser uma opção interessante. Para descobrir se o FG/Agro Fiagro combina com a sua estratégia de investimentos, é importante entender como está o desempenho atual do fundo e as previsões para o futuro.

A seguir, o Melhor Investimento analisa em detalhes o FGAA11, desde sua cotação e dividendos até as características do fundo, seus riscos e se vale a pena investir. Confira!

O que é FGAA11?

O FGAA11 é um fundo de investimento nas cadeias produtivas agroindustriais (Fiagro). Ele busca oferecer aos investidores a oportunidade de valorizar e rentabilizar suas cotas principalmente através da compra de ativos financeiros ligados ao setor agroindustrial.

Com 45.081.449 cotas distribuídas entre 48.743 cotistas, o FGAA11 é gerido pela FG/A Gestora de Recursos e tem sua administração sob a responsabilidade da BRL Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. 

O patrimônio líquido do fundo gira em torno de R$ 431.846.246,61, e a liquidez média diária está na casa dos R$ 1.430.364,77. O fundo apresenta um Preço/Valor Patrimonial (P/VP) de 0,92.

Como funciona a taxa de administração FG/Agro Fiagro?

A taxa de administração do FGAA11 é de 1,15% ao ano sobre o patrimônio líquido do fundo. Essa taxa é cobrada para cobrir os custos associados à gestão e administração do fundo. Além disso, o FGAA11 também cobra uma taxa de performance de 10% sobre os rendimentos que excedem 100% do CDI

Isso significa que se o fundo superar o rendimento do CDI, uma parte desse excedente será destinada à gestora como forma de remuneração pelo bom desempenho. Vale lembrar que essas taxas são deduzidas diretamente do patrimônio do fundo, portanto, não são cobradas diretamente dos cotistas.

Quem investe em FGAA11 precisa pagar imposto de renda?

Sim, investidores do FGAA11 precisam pagar Imposto de Renda (IR), mas a forma de tributação varia de acordo com o tipo de rendimento obtido.

Para os rendimentos distribuídos pelo fundo, eles são isentos de Imposto de Renda para pessoas físicas, desde que o investidor possua menos de 10% das cotas do fundo; o fundo tenha mais de 50 cotistas; e as cotas do fundo sejam negociadas exclusivamente em bolsa de valores ou mercado de balcão organizado.

No entanto, no caso de venda de cotas do FG/Agro Fiagro, o investidor precisa pagar Imposto de Renda sobre o ganho de capital. A alíquota varia de 15% a 22,5%, dependendo do valor do lucro.

É importante lembrar que a responsabilidade de calcular e pagar o Imposto de Renda é do próprio investidor. Portanto, é recomendável que se consulte um contador ou um especialista em impostos para entender melhor as obrigações fiscais relacionadas ao investimento em FGAA11.

Histórico de cotação FGAA11

O FG/Agro Fiagro começou o ano de 2024 com uma cotação de aproximadamente R$ 9,52. Atualmente, a cotação do FGAA11 está em torno de R$ 8,78. Isso representa uma variação negativa de -7,77% em 2024 até agora.

Além disso, é importante destacar que o fundo apresentou uma desvalorização de -9,67% nos últimos 12 meses e de -2,88% no mês atual.

O FG/Agro Fiagro tem experimentado uma queda em sua cotação, o que pode ser atribuído a uma série de fatores. Primeiramente, é importante lembrar que o desempenho de um fundo de investimento está sujeito a uma variedade de condições de mercado. Portanto, a queda na cotação do FGAA11 pode ser resultado de uma combinação de fatores, incluindo condições de mercado, desempenho do fundo e outros fatores econômicos.

DataÚltimoAberturaMáximaMínimaVolumeVariação
01.04.20248,789,109,158,71116,53K-2,98%
01.03.20249,058,809,428,703,71M+2,84%
01.02.20248,809,259,418,653,72M-3,93%
01.01.20249,169,499,599,122,82M-3,38%
01.12.20239,489,609,708,864,01M-1,15%
01.11.20239,599,749,889,423,35M-1,13%
01.10.20239,7010,0610,109,613,36M-3,67%
01.09.202310,0710,0210,149,932,44M+0,50%
01.08.202310,029,9410,049,843,82M+0,80%
01.07.20239,949,7910,009,733,04M+1,95%
01.06.20239,759,639,819,563,43M+1,56%
01.05.20239,609,609,869,442,43M-0,10%
Fonte: Investing

Dividendos mensais do FGAA11

O FG/Agro Fiagro tem apresentado um momento negativo em termos de dividendos. Nos últimos 12 meses, houve uma queda de -23,64% nos dividendos distribuídos em comparação com o ano anterior.

No que diz respeito à soma dos proventos, no mesmo período do ano passado, o FGAA11 distribuiu um total de R$ 0,55 por cota. Em 2024, até agora, o fundo já distribuiu R$ 0,42 por cota, o que representa uma queda significativa na distribuição de proventos. Com um Dividend Yield (DY) de 16,23% nos últimos 12 meses, o último rendimento foi distribuído pelo valor de R$ 0,10 por cota.

TipoData comPagamentoValor
Rendimento05/04/202412/04/20240,10000000
Rendimento07/03/202414/03/20240,10000000
Rendimento07/02/202416/02/20240,11000000
Rendimento08/01/202415/01/20240,11000000
Rendimento07/12/202314/12/20230,11000000
Rendimento08/11/202316/11/20230,11500000
Rendimento06/10/202316/10/20230,12000000
Rendimento08/09/202315/09/20230,13000000
Rendimento07/08/202314/08/20230,13000000
Rendimento07/07/202314/07/20230,13000000
Rendimento07/06/202315/06/20230,14000000
Rendimento08/05/202315/05/20230,13000000
Fonte: FGAA11 Status Invest

Quando o FGAA11 paga dividendos?

O fundo FGAA11 paga dividendos mensalmente. As datas de pagamento de dividendos podem variar, mas geralmente ocorrem no meio do mês seguinte ao mês de referência. É importante lembrar que a data e o valor dos dividendos podem variar de acordo com as decisões do gestor do fundo e do desempenho do fundo. Portanto, a recomendação é que os investidores acompanhem as atualizações do fundo com frequência.

Comparação do FGAA11 com outros Fiagros

O FG/Agro Fiagro é um fundo imobiliário que se destaca no mercado por sua especialização em operações de crédito ligadas ao setor agrícola. Com um valor de mercado de R$ 396,3 milhões, o FGAA11 supera a média do mercado dos Fiagros em 2%. Essa margem pode parecer pequena, mas reflete uma posição sólida dentro do segmento.

O indicador Preço/Valor Patrimonial (P/VP) do FGAA11 é de 0,92, o que demonstra que suas cotas estão sendo negociadas próximo ao valor patrimonial do fundo e com a média do mercado para fundos do mesmo tipo, que é de 0,92. Esse equilíbrio sugere que o FGAA11 é competitivamente precificado em relação aos seus pares.

Além disso, o FGAA11 tem mostrado um Dividend Yield de 16,32% nos últimos 12 meses, o que é um retorno significativo sobre o investimento. O fundo também registrou um rendimento de R$ 0,10 por cota em abril de 2024, com base em uma cotação de R$ 8,78. Esses números são importantes para investidores que buscam renda passiva e estabilidade em seus investimentos.

Qual é a estratégia de investimentos do FGAA11?

Esse fundo de investimento imobiliário se concentra especificamente no setor agropecuário e tem uma estratégia de investimento única que se baseia principalmente em Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs).

Os CRAs são títulos de dívida lastreados em recebíveis originados de negócios entre produtores rurais, ou suas cooperativas, e terceiros. Incluem financiamentos ou empréstimos relacionados à produção, à comercialização, ao beneficiamento ou à industrialização de produtos. Abrangem também insumos agropecuários ou máquinas e implementos utilizados na atividade agropecuária.

No caso do FGAA11, o fundo investe em CRAs dos setores de açúcar, etanol e insumos agrícolas. Isso significa que o fundo investe em dívidas que são garantidas por recebíveis desses setores.

Essa estratégia permite que o fundo se beneficie do crescimento e da rentabilidade desses setores, ao mesmo tempo em que ajuda a financiar o desenvolvimento e a expansão da agroindústria. Além disso, os investimentos em CRAs também podem oferecer ao fundo uma certa proteção contra a inflação, já que os retornos desses investimentos geralmente estão atrelados à inflação.

No entanto, como qualquer investimento, o FGAA11 também tem riscos. Os principais riscos incluem o risco de crédito dos emissores dos CRAs, o risco de mercado devido às flutuações nos preços dos CRAs e o risco específico do setor agropecuário.

Vale a pena investir em FGAA11?

Investir em FGAA11 pode ser uma boa opção para alguns investidores, mas é importante lembrar que todo investimento tem seus riscos. O FGAA11 é um fundo que investe no setor de agronegócio, que é um setor muito relevante na economia brasileira

Nos últimos 12 meses, o fundo registrou um rendimento de 16,32%, correspondendo a um valor de R$ 8,73 por cota. No entanto, o fundo teve uma performance negativa este ano, com uma baixa de -7,77%. A cotação começou o ano na casa dos R$ 9,52 e atualmente está em R$ 8,78.

Em relação aos riscos, é importante considerar que o setor de agronegócio está sujeito a vários fatores que podem afetar o desempenho do fundo. Por exemplo, condições climáticas adversas podem afetar a produção agrícola e, consequentemente, o desempenho do fundo. Além disso, mudanças nas políticas governamentais relacionadas ao agronegócio também podem ter um impacto significativo.

Como qualquer investimento, existe o risco de que você possa perder o dinheiro que investiu. Portanto, antes de decidir investir no FGAA11, é importante fazer uma análise técnica e criteriosa dos ativos presentes nesse fundo, entender os riscos associados e considerar se esse investimento se alinha com suas metas e política de investimentos.

Antes de tomar qualquer decisão de investimento, a recomendação é consultar um assessor de investimentos experiente, que avaliará o seu perfil de investidor, tolerância a risco e horizonte de investimento para saber se o FGAA11 é o fundo ideal para você.

Carolina Gandra

Redatora do Melhor Investimento. Formada em Jornalismo, com 2 anos de experiência em redação de textos para diferentes nichos de mercado.