Você já ouviu falar do IFIX? Trata-se de um índice da bolsa de valores do Brasil, a B3, relacionado aos fundos de investimento imobiliário (FIIs), uma das opções de aplicação em renda variável mais populares do mercado. 

Neste artigo, conheça mais sobre esse indicador, como investir nele, quais são seus componentes, os critérios de seleção para integrá-lo e muito mais. Continue a leitura!

O que é IFIX?

O Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX), criado em 2012 pela B3, tem como objetivo principal fornecer um indicador do desempenho médio das cotações dos fundos imobiliários. Assim como o Ibovespa, ele é formado por uma carteira teórica de ativos, composta por cotas de fundos negociados nos mercados de bolsa e de balcão organizado da B3, seguindo critérios preestabelecidos.

O IFIX é classificado como um índice de retorno total, o que implica que não se limita apenas a refletir as variações nos preços dos ativos integrantes do índice ao longo do tempo. Ele também leva em conta o impacto da distribuição de proventos por parte das companhias emissoras desses ativos no retorno do índice. Portanto, além das oscilações nos preços, o IFIX incorpora os dividendos, juros sobre o capital próprio (JCP) e rendimentos, direitos de subscrição, bem como qualquer outro ativo ou direito de subscrição de ativos recebido em seu portfólio.

A revisão da carteira do IFIX ocorre a cada quatro meses, durante a qual os fundos imobiliários que não atendem mais aos critérios são retirados, e novos fundos que passaram a atendê-los são acrescentados. Isso garante que a composição do índice permaneça atualizada e representativa do mercado de fundos imobiliários.

Em resumo, o IFIX desempenha um papel fundamental como um indicador do desempenho médio das cotações dos fundos imobiliários nos mercados de bolsa e de balcão organizado da B3, proporcionando aos investidores uma visão abrangente do setor imobiliário.

Para que serve o IFIX?

O IFIX serve para medir o desempenho dos FIIs ao longo do tempo. Para facilitar o entendimento, vale lembrar que o Ibovespa, por exemplo, mede o desempenho das ações mais negociadas na B3. De modo geral, a exemplo de outros índices, ele serve como um termômetro desses fundos, que compõem uma modalidade de aplicação muito popular.

O que é “FII”?

Os Fundos Imobiliários (FIIs) são um tipo de fundo de investimento para quem procura investir no mercado imobiliário sem comprar ou alugar um imóvel. Trata-se de uma aplicação financeira em renda variável com suas cotas negociadas em bolsa. Pode-se dizer que eles são uma forma de investimento nesse mercado em que não há necessidade de comprar um imóvel.

Nesse contexto, os ativos que compõem a carteira do fundo são dos mais variados. Há conglomerados que investem na construção de imóveis para obter rendimentos com venda ou aluguel da propriedade, assim como existem outros que aplicam em títulos de dívida imobiliária, entre outras alternativas.

  • Comprar imóvel ou investir em Fundos Imobiliários? Descubra a melhor opção utilizando o nosso Simulador Imobiliário. 

Para ter uma ideia, 50 mil novos investidores chegaram ao mercado de fiis em 2023 e agora soma um total de 2,503 milhões, de acordo com boletim mensal da B3, divulgado em janeiro. Em dezembro de 2018, este número estava em 208 mil.

Quais fundos imobiliários fazem parte do IFIX?

Veja, abaixo, parte da carteira teórica do IFIX que é válida para o quadrimestre que vai de maio a agosto de 2024.

CódigoAçãoTipoQtde. TeóricaPart. (%)
AFHI11FII AFHI CRICI3.996.9510,281
AIEC11FII AUTONOMYCI ER4.824.9870,180
AJFI11FII AJ MALLSCI31.625.9780,211
ALZR11FII ALIANZACI9.860.4060,826
ARRI11FII ATRIOCI ER17.535.5210,114
BARI11FII BARIGUICI ER4.634.1910,265
BCFF11FII BC FFIICI201.491.0241,293
BCIA11FII BCIACI ER3.719.0380,271
BCRI11FII BEES CRICI ER6.257.8730,309
BLMG11FII BLUE LOGCI4.268.8070,119
BPFF11FII ABSOLUTOCI ER4.492.3260,227
BRCO11FII BRESCOCI ER17.279.8241,478
BRCR11FII BC FUNDCI26.638.2021,057
BROF11FII BROFCI11.610.8120,455
BTAL11FII BTG AGROCI5.982.7360,296
BTCI11FII BTG CRICI99.521.1720,732
BTLG11FII BTLGCI43.249.1513,166
BTRA11FII BTG TAGRCI ER3.364.5590,126
CACR11CARTESIA FIICI ER3.823.7670,288
CLIN11FII CLAVE INCI4.346.7630,303
Quantidade Teórica Total3.489.668.925100,000
Redutor41.181.034,11542,382

Confira a tabela completa no site da B3.

Como são definidos os FIIs inclusos no IFIX?

Para participar de qualquer índice, é preciso seguir critérios específicos. No caso do IFIX, eles são dois: critérios de inclusão e critérios de ponderação. Veja abaixo.

Critérios de inclusão

Os FIIs devem atender aos critérios listados a seguir:

Participação no Índice de Negociabilidade (IN)

O Índice de Negociabilidade (IN) da B3 é o responsável por medir a liquidez dos ativos, isto é, o quão rápido e fácil é possível transformá-lo em dinheiro. Quanto maior for o seu volume de negociação, maior será a sua participação no IN.

Presença em 95% dos pregões

O FII deve estar presente em 95% dos pregões durante a validade das três versões anteriores do IFIX.

Cotas com valor acima de R$ 1

As cotas de um FII devem valer mais do que R$ 1. Ou seja, não podem ser as chamadas penny stocks, com cotações muito baixas e negociadas na casa dos centavos.

Eles podem ser incluídos no IFIX mesmo que a oferta pública tenha sido feita no período de validade das três carteiras anteriores.

Critérios de ponderação

Os critérios de ponderação são aqueles que definem o peso de cada FII no IFIX. Logo, quanto mais alto for o valor de mercado de um FII, maior será sua representatividade no IFIX.

Contudo, nenhum FII pode ter uma participação acima de 20% no IFIX. Isso vale tanto para sua inclusão quanto para as reavaliações periódicas. Caso isso ocorra, são feitos os ajustes necessários para restabelecer o limite previamente definido.

Quais são os critérios de exclusão dos FIIs do IFIX?

São excluídos do IFIX os FIIs que não mais atenderem aos critérios de inclusão mencionados acima e se durante a validade da carteira houver o resgate total do fundo.

Como acompanhar o índice de fundos de investimentos imobiliários?

Para acompanhar o IFIX, basta acessar a carteira teórica do IFIX válida para o próprio dia no site da B3. A tabela apresentada leva em conta as variações na participação dos FIIs na composição total do índice, apuradas para a abertura do dia.

Quais são os outros índices de FIIs?

Dentre os outros índices de FIIs, vale citar o IFIX L, que reúne os fundos imobiliários de alta liquidez. Na prática, o IFIX L é considerado um subíndice do IFIX. A diferença, porém, é que ele representa somente 85% dos FIIs mais negociados do mercado. O IFIX, por sua vez, representa 95% desses.

Como investir no IFIX?

O IFIX é um índice, logo, não é possível investir nele, mas sim nos ativos que o compõem. Entretanto, você pode investir no IFIX L por meio do XFIX11. Criado pela XP em 2020, ele é o primeiro Exchange Traded Fund (ETF) nacional a replicar esse índice.

Contudo, vale destacar que, no Brasil, os ETFs não são autorizados a pagar proventos. Seus rendimentos são reinvestidos na compra de novas cotas. Dessa forma, os fundos se valorizam.

Como usar o IFIX para tomar melhores decisões de investimento?

Antes de escolher como investir seu dinheiro, é essencial conhecer os principais índices da B3. Como vimos, o IFIX é um deles, já que serve como um indicador do desempenho médio das cotações dos FIIs dos mercados de bolsa e de balcão organizado da B3.

Novamente, como ele é revisado de quatro em quatro meses, auxilia o investidor a tomar a decisão de investir ou não em FIIs, assim como evidencia a ascensão ou queda de algum fundo em específico que pode deixar de compor a métrica.

Mas vale ter em mente que o IFIX indica o desempenho médio das cotações dos FIIs. Alguns deles, portanto, podem ter desempenho ainda maior.

O conteúdo foi útil para você? Então, aproveite para baixar gratuitamente o e-book “Como investir nas melhores ações” produzido pela equipe da Melhor Investimento!

Resumindo

Qual o significado de IFIX?

IFIX significa Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários. Criado em 2012 pela bolsa de valores do Brasil, a B3, reflete o comportamento dos principais fundos imobiliários (FIIs) do país. Além de indicar o desempenho médio das cotações dos FIIs dos mercados de bolsa e de balcão organizado da B3. Por ser um índice de retorno total, retrata não somente as variações nos preços dos fundos, como o impacto da distribuição dos proventos pelas empresas.

É possível investir em IFIX?

Não é possível investir diretamente em IFIX, pois este se trata de um índice de mercado e não um ativo. No entanto, o investidor pode aplicar recursos em fundos de índice (ETFs) que pretendem replicar o comportamento de tal indicador, como é o caso do XFIX11, criado pela XP Investimentos em 2020. Ele se baseia no IFIX L, um subíndice do IFIX.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.