O VGIP11, um FII de CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários), permite que você invista no mercado imobiliário de forma acessível e diversificada. Com sua estratégia de investimento focada em títulos de renda fixa lastreados em operações do setor, o VGIP11 oferece potencial de geração de renda e proteção contra a volatilidade.

Para que você fique informado, o Melhor Investimento reuniu tudo o que você precisa saber sobre o VGIP11, incluindo cotações, dividendos, portfólio e gestão. Confira!

O que é VGIP11?

O VGIP11, ticker do FII Valora CRI Índice de Preços, é um fundo de investimento imobiliário (FII) de papel. Diferente de fundos de tijolo como o RECT11, o VGIP11 investe em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs), buscando gerar renda fixa e valorização para seus cotistas.

Criado em 17 de março de 2020, o fundo possui 11.787.247 cotas que estão divididas entre 91.970 cotistas. A gestora do fundo é a Valora Investimentos, reconhecida no mercado financeiro por sua experiência em investimentos imobiliários. A administração do fundo fica a cargo da BTG Pactual Serviços Financeiros, uma das principais instituições financeiras do país.

O público-alvo do VGIP11 é de investidores em geral, permitindo que uma ampla gama de pessoas participe dos benefícios do mercado imobiliário sem a necessidade de um grande capital inicial.

O VGIP11 investe em CRIs emitidos por diferentes empresas. Esses CRIs representam direitos a fluxos de caixa provenientes de aluguéis ou vendas de imóveis. Quando o emissor do CRI recebe esses valores, o VGIP11 também recebe sua parte, distribuindo a maior parte desse valor aos cotistas como dividendos mensais.

Como funciona a taxa de administração do VGIP11?

A taxa de administração do VGIP11 é uma cobrança anual para cobrir os custos de gestão do fundo. Essa taxa é de 1% ao ano, calculada sobre o patrimônio líquido do fundo. No primeiro ano, o valor mínimo é de R$ 20.000 por mês, enquanto que a partir do segundo ano é de R$ 25.000 mensais.

Cotação e dividendos mensais do VGIP11

Em fevereiro de 2024, a distribuição de rendimentos foi de R$ 0,83. A cotação do VGIP11 foi de R$ 92,81, o que significa que o dividend yield (DY) do mês foi de 0,89%. No acumulado do ano, o DY é de 11,35%, com a variação do preço do ativo de 29,13%.

O rendimento de dividendos (ou dividend yield) é um indicador que revela a remuneração que o acionista recebe em dividendos em relação ao valor que ele investiu na ação. Em outras palavras, mostra a porcentagem do investimento que o acionista recebe de volta em dividendos.

Confira o valor dos dividendos, cotação e DY dos últimos meses na tabela abaixo:

Mês/AnoDividendo por Cota (R$)DY (%)Cotação (R$)
Fevereiro/20240,830,8693,44
Janeiro/20240,800,8692,88
Dezembro/20230,760,8193,66
Novembro/20230,700,9192,47
Outubro/20230,800,991,51
Setembro/20230,800,6892,12
Agosto/20230,640,9293,06
Julho/20230,851,0993,63
Junho/20231,001,2493,39
Maio/20231,091,492,54
Abril/20231,201,3892,02
Fonte: Valora Investimentos

Portfólio do fundo

Conheça os três principais ativos que fazem parte do portfólio do fundo VGIP11:

CRI CashMe 31E Sênior

Com valor de aquisição de R$ 83.905.315,00, o CRI CashMe 31E Sênior é uma operação lastreada em contratos de empréstimos criada pela CashMe Soluções Financeiras S.A. Fundada em 2017, ela faz parte do Grupo Cyrela, com ampla experiência e solidez no mercado.

O CRI CashMe 31E Sênior oferece duas garantias importantes:

  • Alienação fiduciária do imóvel: em caso de inadimplência, o imóvel dado como garantia pode ser retomado e vendido para pagar os investidores. O LTV (Loan-to-Value) máximo é de 60%, o que significa que o valor do empréstimo não pode ultrapassar 60% do valor do imóvel.
  • Fiança da Cyrela Brazil Realty S.A.: a Cyrela, uma das maiores empresas de construção civil do Brasil, garante a má formalização dos créditos. Isso significa que, se houver algum problema com a documentação dos empréstimos, a Cyrela será responsável por pagar os investidores.

CRI Mabu 402S 

O CRI Mabu 402S é lastreado pela Rede Mabu de Hotéis & Resorts, tradicional empresa hoteleira fundada em 1973 e com forte presença no sul do Brasil. A operação oferece a segurança de uma garantia imobiliária dupla: alienação fiduciária de unidades hoteleiras e cessão fiduciária de recebíveis de time sharing. A relação atual de garantia é de 148%, demonstrando a solidez do investimento.

A alienação fiduciária de unidades hoteleiras é uma modalidade de garantia que permite ao comprador financiar a compra de um imóvel em um hotel, usando o próprio imóvel como garantia. Na prática, o comprador transfere a propriedade do imóvel para uma instituição financeira (fiduciária), que se torna a titular do bem enquanto o financiamento não for quitado.

Já a cessão fiduciária de recebíveis de time sharing é uma modalidade de garantia que permite ao credor (cessionário) receber os pagamentos de um contrato de time sharing, usando esses pagamentos como garantia de uma dívida. Na prática, o credor recebe os pagamentos do devedor (cedente) até que a dívida seja quitada.

CRI Raposo Shopping

O CRI Raposo Shopping é uma operação que tem como objetivo refinanciar a aquisição de participação no Shopping Raposo. Fundado em 1996, conta com ampla área de 27,7 mil m² para lojas e comércios (ABL). As garantias do investimento são a alienação fiduciária do próprio shopping e a cessão fiduciária de recebíveis de aluguel do shopping, com sólida relação de garantia de 463%.

Quem investe em FII precisa pagar imposto de renda?

Os proventos (dividendos) recebidos de FIIs são isentos de imposto de renda para pessoas físicas. Ou seja, você não precisa pagar imposto sobre os valores que recebe mensalmente do fundo. No entanto, há imposto de renda sobre o lucro na venda de cotas de FIIs. A alíquota é de 20% sobre o lucro líquido apurado, e o imposto deve ser pago até o último dia útil do mês subsequente à venda.

Se você receber come-cotas, que são tributados como rendimentos, você precisa pagar imposto de renda sobre eles. Além disso, os FIIs que fazem investimentos no exterior podem ter tributação diferente.

Esse conteúdo não se trata de uma recomendação personalizada. Antes de investir no VGIP11, procure um assessor de investimento experiente para avaliar o seu perfil de risco, perfil de investidor e objetivos.

Carolina Gandra

Redatora do Melhor Investimento. Formada em Jornalismo, com 2 anos de experiência em redação de textos para diferentes nichos de mercado.