Dentre as diversas possibilidades de investimento no setor imobiliário, estão os chamados fundos de desenvolvimento. Em suma, eles representam aplicações em empreendimentos imobiliários que se encontram em fase de construção ou em desenvolvimento, como o nome já indica. 

Nos últimos anos, os fundos de investimento imobiliário (FIIs) têm se destacado como uma opção atrativa para investidores em busca de diversificação. No caso dos fundos de desenvolvimento, são oportunidades para aqueles que buscam aplicações em renda variável. 

Interessado em saber mais? Continue conosco e esteja por dentro de maiores detalhes sobre os fundos de desenvolvimento, incluindo suas características, benefícios e potenciais riscos.

O que são fundos de desenvolvimento?

Fundos de desenvolvimento representam uma categoria de FIIs voltada ao financiamento e desenvolvimento de projetos imobiliários. Podemos descrever seu funcionamento como uma forma de reunir recursos de vários investidores para aplicar em empreendimentos do setor, incluindo imóveis residenciais, comerciais e industriais.

Os gestores desses fundos costumam investir em terrenos ou propriedades que ainda não estão desenvolvidos por completo. Isto é feito com a expectativa de valorização ao longo do tempo e de obter retornos através da venda ou aluguel dos imóveis.

Sendo assim, quem aloca recursos em um fundo de desenvolvimento, em geral, espera lucrar com a valorização do imóvel, podendo ter possibilidades de lucro por meio de aluguéis ou da venda futura do mesmo.

Quais são os tipos de fundos de desenvolvimento?

Ao observar esses elementos que caracterizam, em essência, os fundos de desenvolvimento, podemos classificá-los basicamente de duas formas: 

Fundo com estratégia de renda

Neste modelo, os FIIs de desenvolvimento projetam e constroem imóveis com o objetivo principal de gerar renda através do aluguel ou da venda das unidades. Isto é feito com finalidade de garantir o cumprimento de elementos e características que tornam um imóvel mais atrativo para os potenciais inquilinos ou compradores interessados. 

Fundo com estratégia de venda

Como o nome já sugere, esta abordagem concentra-se em lucrar com a venda do imóvel, assim que sua obra estiver concluída. Aqui, os responsáveis pelo fundo adotam uma estrutura de projetos residenciais na conversão do terreno para um imóvel. 

Características dos fundos de desenvolvimento

Dentre os distintos aspectos relacionados aos fundos de investimentos, há determinadas características que podemos destacar, são elas: 

Renda Mínima Garantida (RMG)

É um mecanismo utilizado em alguns fundos de desenvolvimento imobiliário para oferecer uma garantia de retorno aos investidores, especialmente durante a fase de construção e desenvolvimento do empreendimento.

Quando um fundo de desenvolvimento imobiliário oferece uma RMG, seu gestor se compromete a pagar aos investidores uma quantia mínima de renda, independentemente do desempenho real do empreendimento. 

Durabilidade

Outra característica marcante dos fundos de desenvolvimento é a ausência de um prazo fixo. Isso significa que esses fundos não têm uma data específica de encerramento ou liquidação predeterminada, como é comum em alguns outros tipos de fundos de investimento.

Nesta linha, os fundos podem ser vendidos ou mantidos por longos períodos que podem chegar há décadas. Em suma, a durabilidade do FII desenvolvimento varia, especialmente, conforme a estratégia do gestor e das oportunidades oferecidas pelo mercado. 

O pós-construção

Este terceiro aspecto já foi bem detalhado anteriormente neste artigo. Em resumo, após a conclusão da obra do imóvel, o gestor do fundo pode optar por vendê-lo ou mantê-lo como parte do fundo de desenvolvimento para fins de renda.

Dividendos para fundos de desenvolvimento

Dentre as principais vantagens associadas ao investimento está a possibilidade de obter retornos expressivos, embora isso reflita o alto nível de risco associado ao empreendimento. Esse potencial lucrativo pode ser explorado de distintas maneiras.

Como já mencionado, existem diferentes formas de lucrar com fundos de desenvolvimento, dentre elas, estão os dividendos. Dependendo da estratégia adotada pelo gestor, o aluguel dos imóveis não vendidos pode ser distribuído aos investidores do fundo como uma forma de renda extra. 

Quais os riscos de investir em FIIs de desenvolvimento

De fato, os fundos de desenvolvimento podem representar uma excelente maneira de maximizar seus lucros, enquanto investidor. Contudo, é essencial analisar os riscos atrelados a esse tipo de investimento. 

Afinal, os FIIs de desenvolvimento possuem algumas desvantagens específicas que devem ser devidamente observadas antes que qualquer decisão seja tomada. A priori, deve-se lembrar que os recursos alocados no fundo, são amplamente utilizados para financiar processos como construções e reformas. 

Logo, é essencial considerar as possíveis questões relacionadas às obras em geral, que podem afetar negativamente o investidor, como problemas com licenças, estouro do orçamento e atrasos na entrega do imóvel.

Outra questão a ser observada é a demanda, que aqui, entra como uma variável. Em suma, deve-se considerar que os fundos estão sujeitos ao risco de não conseguir locar ou vender as unidades construídas conforme o planejado. 

Alterações nas preferências do mercado, condições econômicas locais e concorrência de outros empreendimentos podem afetar a demanda por unidades imobiliárias.

Veja os fundos de desenvolvimento na bolsa de valores (B3)

Confira alguns dos principais FIIs de desenvolvimento listadas na Bolsa de Valores brasileira (B3): 

TickerBRL TRUST DTVM
DMAC11Oliveira Trust
HRDF11Hedge Investments DTVM LTDA
JPPC11Banco Finaxis
JTPR11Planner Corretora de Valores
KINP11INTRAG DTVM
KNRE11INTRAG DTVM
LATR11BOliveira Trust
LOFT11BModal DTVM
LUGG11Inter DTVM
MFII11Planner Corretora de Valores
NVIF11BModal DTVM
ORPD11Planner Corretora de Valores
PABY11BRKB DTVM
PRSN11BOliveira Trust
RBBV11Caixa Econômica Federal
RBDS11Oliveira Trust
RBRM11BTG Pactual
RBTS11Oliveira Trust
RCFA11Fram Capital DTVM SA
RSPD11Oliveira Trust
STRX11Oliveira Trust
TGAR11Vórtx DTVM LTDA
TORM13Vórtx DTVM LTDA
TOUR11Vórtx DTVM LTDA

Conclusão

Em resumo, os fundos imobiliários de desenvolvimento representam uma boa alternativa para investidores que buscam maximizar seus lucros e diversificar sua carteira. No entanto, é crucial ter em mente que assim como outras aplicações em renda variável, os investimentos neste tipo de FII dispõe de consideráveis riscos. 

Em geral, cotistas de FIIs de desenvolvimento possuem um perfil de investidor mais experiente e arrojado, sendo alguém mais tolerante a riscos e volatilidade.Ainda é Importante ressaltar que este artigo não serve como uma orientação específica, visto que este possui um caráter puramente informativo. 

Portanto, é altamente recomendada a busca por profissionais qualificados, capazes de realizar as devidas análises que auxiliem nas tomadas de decisão. 

Lucas Machado

Redator do Melhor Investimento e estudante de Psicologia, com mais de dois anos de experiência em redação de artigos relacionados aos mais variados assuntos e campos do saber.