Nesta terça-feira (25), o UBS Group reportou um lucro líquido de US$ 1,03 bilhão no primeiro trimestre de 2023, o que representa menos da metade do ganho de US$ 2,14 bilhões registrado no mesmo período do ano anterior. 

Além disso, a receita do banco suíço apresentou uma queda de 6,8%, totalizando US$ 8,74 bilhões na comparação mencionada.

O resultado ficou abaixo do esperado por analistas, que estimavam que o banco apresentasse um lucro de US$ 1,71 bilhão e receita de US$ 8,79 bilhões no período de janeiro a março.

Segundo a Dow Jones Newswires, o UBS, que fechou um acordo em março para adquirir o rival Credit Suisse em uma operação de resgate coordenada pelas autoridades suíças, planeja ativamente reduzir o risco e o consumo de recursos do negócio de banco de investimento do Credit Suisse.

Aquisição do Credit Suisse pelo UBS

O UBS Group anunciou anteriormente um acordo de compra do seu maior concorrente, o Credit Suisse, por 3 bilhões de francos suíços, valor correspondente a US$3,2 bilhões. 

“Com a aquisição do Credit Suisse pelo UBS, foi encontrada uma solução para garantir a estabilidade financeira e proteger a economia suíça nesta situação excepcional”, disse, em comunicado, o Banco Nacional da Suíça, que observou que o banco central trabalhou com o governo suíço e a Autoridade de Supervisão do Mercado Financeiro Suíço para promover a fusão dos dois maiores bancos do país.

Sergio Ermotti, que retornou ao comando do UBS para liderar a incorporação do Credit Suisse, afirmou que pretende completar a aquisição do rival até maio, mas alertou que pode levar até quatro anos para haver uma completa integração. 

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.