Em maio, a fabricação de automóveis, veículos comerciais leves, caminhões e ônibus no Brasil registrou um aumento de 27,4% em relação ao mês anterior, totalizando 227,9 mil unidades. As vendas de veículos novos também tiveram um crescimento de 9,8% no mesmo período, chegando a 176,5 mil unidades. As informações foram divulgadas pela Anfavea, a associação de montadoras, nesta terça-feira (6).

No entanto, ao comparar com maio do ano passado, a produção teve um leve aumento de 10,7%, devido a uma queda significativa de quase 40% no volume de caminhões, cujas vendas recuaram 21% no período, queda que pode ser atribuída, em parte, à implementação de regulamentações mais rígidas sobre a emissão de poluentes, o que encareceu os veículos. Além disso, a produção de ônibus também apresentou uma queda acentuada em maio, com uma redução de 35,4% em comparação com o ano anterior.

Já em relação aos licenciamentos, houve uma queda de 5,6% no mês passado em comparação com maio de 2022. No entanto, as vendas de ônibus mostraram um crescimento anual de 32% nessa comparação.

No acumulado do ano, a indústria automotiva registra um aumento de 6,2% na produção, totalizando 943 mil veículos fabricados, e as vendas atingiram 809 mil unidades, um crescimento de 9,3% em relação aos primeiros cinco meses de 2022.

Quanto às exportações, houve uma queda de 3,7% em maio em comparação com o ano anterior, totalizando 44,3 mil veículos. No acumulado de janeiro até o mês passado, as vendas externas registraram uma redução de 4,2%, totalizando 190,6 mil unidades.

Veja também:
Após redução no preço dos carros populares, ações da bolsa podem ser beneficiadas

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.