O fundo imobiliário BM Brascan Lajes Corporativas (BMLC11) obteve uma receita de R$ 18,1 milhões ao vender os segundo e 15º pavimentos do edifício Brascan Century Corporate, localizado em São Paulo.

Segundo um comunicado divulgado pelo fundo, ele obteve um lucro líquido de R$ 2,6 milhões após deduzir as despesas de corretagem. Em decorrência disso, os investidores do BMLC11 receberão um valor de R$ 3,59 por cota como rendimentos referentes ao mês de junho. No entanto, desse montante, R$ 2,65 por cota correspondem aos lucros provenientes das vendas.

Índice de fundos imobiliários

O Ifix, que é o índice de fundos imobiliários da B3, começou a semana em queda e apresenta recuo no pregão de hoje (10), se afastando um pouco da marca de 3.200 pontos que não era atingida desde janeiro de 2020.

Por volta das 15h00, horário de Brasília, o Ifix registrava uma queda de 0,10%, chegando aos 3.187 pontos, interrompendo uma sequência de quatro dias consecutivos de alta.

O IFIX, criado em 2012, é um índice de retorno total que busca refletir não apenas as variações de preço dos ativos incluídos, mas também o impacto dos proventos distribuídos pelas empresas emissoras desses ativos.

Existem três critérios para um ativo fazer parte do IFIX:

  • Ser classificado entre os ativos elegíveis que representem, em conjunto, 99% do total desses indicadores, com base na ordem decrescente do Índice de Negociabilidade durante o período das três carteiras anteriores;
  • Ter presença em pregão de pelo menos 60% durante o período das três carteiras anteriores;
  • Não ser classificado como “Penny Stock”, ou seja, não ter uma cotação inferior a R$ 1.

Veja também:
IFIX: conheça o índice que mede a performance dos FIIs

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.