Na última quinta-feira (20), a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) anunciou ao mercado, por meio de fato relevante, a conclusão da aquisição das usinas fotovoltaicas: G2 Olaria 1 Energia, G2 Campo Lindo Energia e G2 Campo Lindo 2 Energia.

Com essa operação, a Cemig (CMIG4) torna-se detentora de 100% das ações dessas empresas. Além disso, a energética mineira também adquiriu a totalidade das ações da SPE G2 Olaria 2 Energia. O investimento total no negócio foi de R$ 47,4 milhões.

As quatro usinas fotovoltaicas, que somam 13 MWp de potência instalada na modalidade de minigeração distribuída compartilhada, estão localizadas na cidade de Lavras, no Sul de Minas Gerais. Com essa aquisição, a subsidiária integral da Cemig, a Cemig Soluções Inteligentes em Energia (Cemig Sim), passa a ser a detentora desses empreendimentos, que já estão em plena operação comercial.

O relatório divulgado pela Cemig também informa que, com essa incorporação, a capacidade instalada total da Cemig Sim aumenta para 52 MWp em operação e 90 MWp em construção. Essas novas usinas estão previstas para serem concluídas no segundo semestre de 2024. 

A companhia ainda destacou que essa transação reforça a estratégia da empresa de crescimento no mercado de Geração Distribuída, com a participação integral nas usinas sob sua gestão, focando exclusivamente no Estado de Minas Gerais.

Outras notícias:

Cemig aprova distribuição de JCP no valor total de R$ 426 milhões
Indústria de Fiagros movimenta 4,7 bi em emissões no 1º semestre de 2023

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.