A Taiwan Semiconductor Manufacturing Co. – TSMC (TSMC34), de Taiwan, alcançou um valor recorde hoje (11), após registrar fortes receitas no segundo trimestre deste ano, impulsionadas pela crescente demanda por aplicações de inteligência artificial (IA).

Logo, o forte desempenho consolidou sua posição como a empresa mais valiosa da Ásia. Além disso, a TSMC conseguiu ultrapassar o valor de mercado de um trilhão de dólares esta semana.

É importante destacar que a euforia em torno da inteligência artificial (IA) desencadeou uma alta nas ações dos fabricantes de chips em todo o mundo. A TSMC, maior fabricante de chips terceirizada do mundo, cujos clientes incluem a Nvidia (referência em IA), foi especialmente beneficiada com a crescente demanda por chips com capacidade de inteligência artificial.

Para se ter uma ideia, investidores estrangeiros já investiram 4,8 bilhões de dólares no mercado de ações de Taiwan até agora este ano, um mercado amplamente dominado pela TSMC.

Apesar disso, segundo o HSBC, os fundos asiáticos ainda permanecem subponderados em Taiwan, sugerindo que ainda há espaço para novas entradas de capital.

Ações da TSMC dispararam

As ações da TSMC, que tem como cliente a Apple, dispararam quase 80% este ano, superando amplamente o índice de referência Taiwan SE Weighted Index, que aumentou 35%.

Nesta quinta-feira (11), as ações da TSMC listadas em Taipei subiram mais de 2%, alcançando um valor recorde e elevando o valor de mercado da empresa para 861 bilhões de dólares, tornando-a a empresa de capital aberto mais valiosa da Ásia.

Já os American Depositary Receipts (ADRs) da TSMC, listados pela primeira vez na NYSE em 1997, saltaram 4,8%, atingindo um recorde de 192,79 dólares na segunda-feira (08), brevemente elevando o valor de mercado da empresa para 1 trilhão de dólares. Na quarta-feira, os ADRs fecharam a 191,05 dólares.

A TSMC planeja divulgar seus lucros completos do segundo trimestre no dia 18 de julho.

Gabryella Mendes

Redatora do Melhor Investimento.