A Suzano (SUZB3) comunicou ao mercado nesta sexta-feira (2), o fechamento da aquisição pela companhia da totalidade das quotas detidas pela Kimberly-Clark Brasil na MMC Brasil.

O negócio envolve sociedade titular dos ativos referentes ao negócio de fabricação, marketing, distribuição e/ou venda no país de produtos de tissue, como papel higiênico, toalhas de papel, guardanapos, lenços, incluindo a propriedade sobre a marca Neve.

Anunciado em outubro do ano passado e aprovado em definitivo pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em abril, o acordo, fechado por US$ 175 milhões (R$ 875 milhões ao câmbio atual), traz para o portfólio da Suzano uma marca icônica, a Neve, e uma fábrica com capacidade de 130 mil toneladas anuais em Mogi das Cruzes (SP), entre outros ativos. 

No ano passado, a indústria brasileira produziu 1,41 milhão de toneladas de tissue, uma alta de 6,7%

Sobre a Suzano (SUZB3)

A Suzano Papel e Celulose, conhecida também como Suzano, é uma empresa brasileira especializada na produção de papel e celulose. Com reconhecimento global, a Suzano é a maior produtora de celulose de eucalipto em todo o mundo e está entre as dez principais produtoras de celulose do mercado. 

Além disso, a empresa é líder mundial no setor de papel, oferecendo cerca de 60 marcas diferentes distribuídas em quatro linhas de produtos: cutsize, revestidos, não revestidos e papel-cartão.

A empresa tem sua sede em Salvador e uma sede administrativa na cidade de São Paulo. Além disso, a Suzano possui operações em aproximadamente 60 países ao redor do globo, reforçando sua presença e alcance internacional.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.