A Jalles Machado (JALLES3), registrou um prejuízo líquido de R$ 56 milhões no último trimestre da safra 2022/2023. O número representa uma queda significativa em relação ao lucro líquido de R$ 113 milhões no quarto trimestre da safra anterior, 2021/2022 (4T22).

O Ebitda ajustado, que é o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, apresentou um resultado negativo de R$ 133 milhões no 4T23, revertendo um Ebitda positivo de R$ 137,2 milhões em comparação ao 4T22.

Em relação às receitas, a empresa alcançou um recorde de receita bruta de R$ 1,920 milhões na safra 2022/2023, um aumento de 11,1% em relação à safra anterior, que registrou R$ 1,727 milhões.

Por outro lado, o Ebitda ajustado totalizou R$ 580,1 milhões (com margem de 34%), enquanto na safra anterior, 2021/2022, foi de R$ 700 milhões (com margem de 48,3%), resultando em uma queda de 17,1%.

Por volta de 15h20 desta quinta-feira (29), as ações da Jalles Machado caíam 3,35%, aos R$ 7,79.

Sobre a Jalles Machado (JALL3)

A Jalles Machado (JALL3) é uma organização brasileira que atua no agronegócio, com destaque para a produção de açúcar. A empresa opera atualmente duas fábricas, proporcionando emprego direto a 3800 pessoas. Sua capacidade de processamento é de aproximadamente 5,3 milhões de toneladas anuais.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.