O FII Cartesia Recebíveis Imobiliários (CACR11) está apresentando o melhor desempenho em termos de retorno com dividendos entre os principais fundos imobiliários da Bolsa no mês de julho. Nesse período, obteve um impressionante percentual de 1,53%. Além disso, a carteira também ostenta atualmente o melhor dividend yield de todo o ano de 2023, bem como o maior acumulado nos últimos 12 meses. 

Ao longo do ano, o (CACR11) já distribuiu aos investidores dividendos correspondentes a 10,14% do valor do fundo, conforme informações fornecidas pela Economatica, uma plataforma de informações financeiras. Esses dados são baseados nos 111 fundos que compõem o Ifix, que é o índice dos FIIs mais negociados na Bolsa.

Considerando o acumulado dos últimos 12 meses, o Cartesia Recebíveis Imobiliários registra um dividend yield de 18,05%, o mais alto nesse período. Na sequência, os fundos JPP Capital (JPPA11) e Riza Akin (RZAK11) aparecem com taxas de retorno de 17% e 16%, respectivamente. Abaixo estão listados os dez fundos com os maiores pagamentos nesse período.

TickerFundoSegmentoDividend Yield – 12 meses (%)
CACR11Cartesia Recebíveis ImobiliáriosTítulos e Val. Mob.18,05
JPPA11JPP Capital RecebíveisTítulos e Val. Mob.17,34
RZAK11Riza AkinTítulos e Val. Mob.16,23
OUJP11Ourinvest JPPTítulos e Val. Mob.15,88
PLCR11Plural Recebíveis ImobiliáriosHíbrido15,16
VCRI11Vinci Credit SecuritiesTítulos e Val. Mob.15,12
VGIR11Valora RETítulos e Val. Mob.15,08
ARRI11Átrio Reit RecebíveisTítulos e Val. Mob.15,06
NCHB11NCH High YieldTítulos e Val. Mob.14,59
TGAR11TG Ativo RealDesenvolvimento14,41
Fonte: Economatica – 24/07/2023

Saiba mais sobre o CACR11

O CACR11 é um fundo de investimento com foco no setor imobiliário, cujo patrimônio líquido atual é de R$ 187 milhões. De acordo com o último relatório gerencial, a maior parte desse montante está investida em certificados de recebíveis imobiliários (CRI), sendo que 79% desses papéis estão atrelados ao IPCA mais uma taxa de 13,12%.

O documento divulgado pelo fundo informa que a cota do CACR11 apresentou um rendimento acumulado de 19,82% nos últimos 12 meses. Além disso, no mês de junho, a cota do fundo proporcionou um dividend yield de 1,53% (a ser pago em julho), o que equivale a 167,50% do CDI.

O relatório também destaca que o fundo possui um saldo acumulado de correção monetária acruada, que funciona como uma espécie de reserva para distribuição ao longo do tempo, no valor de R$ 3,95 por cota.

Por fim, o Cartesia Recebíveis Imobiliários aprovou a realização da quinta emissão de cotas do fundo, com o objetivo de captar até R$ 200 milhões.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.