A Eletrobras (ELET3), anunciou nesta segunda-feira (10) a assinatura de um acordo de venda de seu portfólio de termelétricas a gás natural para a mbar Energia, por um total de R$ 4,7 bilhões. Esta transação não apenas representa um dos maiores negócios já realizados no setor elétrico nacional, mas também desencadeia uma série de mudanças significativas tanto para a Eletrobras quanto para a mbar Energia.

Impulsionando o potencial energético da mbar Energia

Com a conclusão deste acordo, a mbar Energia alcança um novo patamar em sua jornada de crescimento e expansão. A operação eleva sua capacidade instalada para 4,6 gigawatts (GW) de potência, solidificando ainda mais sua posição como um dos principais players do mercado energético brasileiro. Este aumento no potencial energético da empresa sinaliza um futuro promissor em um setor importante para o desenvolvimento do país.

Redução de riscos e uma nova fase para a Eletrobras

Além dos aspectos financeiros envolvidos, a venda das termelétricas também traz consigo uma redução dos riscos operacionais para a Eletrobras. A transação alivia os problemas de inadimplência associados à distribuidora Amazonas Energia, proporcionando à Eletrobras uma maior estabilidade e segurança em suas operações futuras. 

Detalhes do acordo da Eletrobras e suas implicações operacionais

O acordo entre a Eletrobras e a mbar Energia inclui um componente “earn-out” no valor de R$ 1,2 bilhão. Além disso, a mbar assumirá imediatamente o risco de crédito dos contratos de energia das usinas vendidas, totalizando uma potência de 2 GW. Estes detalhes operacionais são essenciais para compreender como a transação será implementada e como afetará as operações futuras das empresas envolvidas.

Ampliando horizontes: novos mercados para a mbar Energia

O portfólio de termelétricas alienado pela Eletrobras também expande sua atuação geográfica para dois novos estados brasileiros. Com a inclusão de 12 usinas em operação, a maioria localizada no Amazonas, e um projeto para implantação, a mbar Energia consolida sua presença em diferentes regiões do país. 

Julia Peres

Redatora do Melhor Investimento.