Nesta sexta-feira (15), o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgou que, em janeiro, foram abertas 180.395 vagas formais de trabalho, distribuídas por todo território nacional. Os dados são Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Dentre as 27 unidades federativas da União, 25 obtiveram resultados positivos no primeiro ano. Na liderança, ficou o estado de São Paulo, que gerou 38.499 novos postos de trabalho. Por outro lado, o Maranhão registrou, com o fechamento de um saldo negativo de 831 vagas formais. 

Saldo de vagas por setores do mercado de trabalho

Setorialmente, observou-se um saldo positivo de vagas em quatro dos cinco grandes segmentos do mercado de trabalho, com destaque para o setor de serviço, com a criação de 80.587 postos. O pior resultado ficou com o comércio que apresentou um saldo negativo de 38.212 empregos formais no mesmo período. 

Veja em detalhes, as informações dos principais setores do mercado: 

SetorSaldo de Vagas
Serviços80.587
Indústria67.029
Construção49.091
Agropecuária21.900
Comércio-38.212

O ministro do trabalho e emprego, Luiz Marinho, aproveitou para comentar os dados, trazendo destaque para o setor industrial. “A gente olhava a indústria andando sempre muito de lado […] espero que seja um anúncio de continuidade até o fim do ano”, declarou o ministro. 

Lucas Machado

Redator do Melhor Investimento e estudante de Psicologia, com mais de dois anos de experiência em redação de artigos relacionados aos mais variados assuntos e campos do saber.