As projeções dos analistas para a inflação de 2024 e para o crescimento do PIB neste ano aumentaram ligeiramente, de acordo com os dados divulgados hoje (12) pelo Boletim Focus do Banco Central. A pesquisa, normalmente revelada às segundas-feiras, foi adiada para esta terça-feira devido às paralisações dos funcionários do BC. Confira em detalhes a seguir:

Inflação

No que diz respeito à inflação, a estimativa para o IPCA em 2024 passou de 3,76% para 3,77% nesta semana. Para 2025, a previsão permaneceu em 3,51% pela segunda semana consecutiva, enquanto para 2026 e 2027 se mantiveram em 3,50%, alinhadas com os últimos 36 boletins Focus.

PIB

Quanto ao Produto Interno Bruto (PIB), a mediana das projeções para 2024 avançou de uma expansão de 1,77% para 1,78%. As estimativas para 2025, 2026 e 2027 permaneceram em 2,0% nas últimas semanas.

Projeções para a Selic seguem inalteradas

Não houve alterações nas projeções para a taxa básica de juros (Selic) em todo o horizonte da pesquisa. A estimativa para 2024 ficou em 9,00%, para 2025 e 2026 permaneceu em 8,50%, enquanto para 2027 também se manteve em 8,50%.

Dólar

As projeções para o câmbio também permaneceram estáveis, com o dólar previsto em R$ 4,93 para 2024, R$ 5,00 para 2025, R$ 5,04 para 2026 e R$ 5,10 para 2027.

Resultado primário

Quanto ao resultado primário, a projeção para 2024 deteriorou ligeiramente, passando de um déficit de -0,78% do PIB para -0,79%. As estimativas para 2025, 2026 e 2027 permaneceram estáveis.

Dívida pública

Para a dívida líquida do setor público, a projeção de 2024 caiu para 63,64% do PIB, enquanto as estimativas para 2025 e 2027 permaneceram estáveis e a de 2026 teve uma leve redução.

Balança comercial

Por fim, as projeções do Boletim Focus para a balança comercial brasileira em 2024 e 2025 foram revisadas para cima, enquanto as estimativas para 2026 e 2027 permaneceram inalteradas.

Pedro Gomes

Jornalista e Redator do Melhor Investimento.