A presidente do Banco do Brasil (BBAS3), Tarciana Medeiros, destacou em uma postagem no seu perfil no Linkedin que o início do ciclo de cortes na taxa básica de juros, a Selic, já possibilita ao banco oferecer melhores condições na concessão de crédito. 

Segundo a executiva, a redução dos juros, anunciada pelo Comitê de Política Monetária (Copom) no último dia 2, foi respaldada por um cenário econômico favorável construído ao longo do primeiro semestre.

Medeiros ressaltou que esse movimento do Copom permitiu ao Banco do Brasil estabelecer condições mais vantajosas para a concessão de crédito, seguindo as boas práticas bancárias. Isso foi possível graças ao cenário macroeconômico favorável e ao monitoramento contínuo das taxas dos produtos de empréstimo, garantindo as melhores condições para os clientes da instituição financeira.

Após o anúncio da redução da Selic em 0,5 ponto percentual, para 13,25% ao ano, o Banco do Brasil agiu prontamente e reduziu os juros de várias linhas de crédito, incluindo o crédito consignado para aposentados do INSS e linhas de capital de giro para empresas.

Vale lembrar que, anteriormente, em entrevista ao Broadcast, o sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, Tarciana Medeiros já havia enfatizado que juros altos por um longo período eram prejudiciais para a economia do país. 

Na ocasião, ela expressou sua expectativa em relação a um ciclo de cortes de juros ainda dentro do ano em questão, visando taxas mais aceitáveis no segundo semestre para possibilitar uma expansão dos negócios do Banco do Brasil.

Veja também:
Banco do Brasil (BBAS3) deve fechar o ano com alta nos dividendos

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.