De acordo com um estudo realizado pelo site Staking Rewards, que monitora uma seleção de 160 ativos digitais, as criptomoedas proporcionaram um rendimento médio de 6,77% em “dividendos” durante o mês de julho.

No contexto de cripto, o termo “dividendos” refere-se ao processo de staking, uma forma de obter renda passiva que se popularizou com o advento das finanças descentralizadas (DeFi).

O funcionamento é o seguinte: o investidor adquire criptomoedas e as “trava” por um período específico em um projeto escolhido, recebendo em troca uma remuneração que pode variar.

No entanto, é importante ressaltar que essa prática não está isenta de riscos. Além disso, ao realizar o staking diretamente em plataformas DeFi, em vez de exchanges centralizadas, é necessário ter um conhecimento avançado do mercado de criptomoedas.

5 criptomoedas com maior rentabilidade em julho:

Decimal (DEL)
Liderando o ranking, o token nativo da blockchain Decimal ofereceu um lucro de 9,02% em julho, totalizando uma taxa de recompensa anual de 109% no staking.

Coti (COTI)
Na segunda posição, o token COTI proporcionou um rendimento de 3,97% aos usuários de staking neste mês, acumulando um ganho anual de 48,29%.

Axie Infinity (AXS)
Em terceiro lugar, o token AXS, vinculado ao famoso game em blockchain Axie Infinity, pagou dividendos de 3,78% em julho, resultando em ganhos de 46,05% ao longo do ano.

ApeCoin (APE)
A quarta colocação ficou com o token APE, associado à coleção de tokens não fungíveis “Bored Ape Yacht Club”. O staking de APE rendeu 3,68% no mês de julho e acumulou juros de 44,80% no ano.

Aurora (AURORA)
Encerrando o ranking, a criptomoeda AURORA, pouco conhecida no mercado, pagou dividendos de 3,29% em julho, representando um rendimento anual de 40% no staking.

Veja também:
Worldcoin, criptomoeda ligada ao ChatGPT estreia com alta de 110%

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.