Um dos ensinamentos da educação financeira é confiar o seu dinheiro a uma instituição que ofereça vantagens. Nesse sentido, os bancos digitais se destacam pela segurança, pela praticidade e pela ausência ou redução de taxas, entre outros benefícios que oferecem aos clientes.

Neste artigo, explicaremos como esse tipo de banco funciona, quais são as vantagens e desvantagens, se os bancos digitais são realmente seguros e quais critérios usar na hora de escolher um. Acompanhe.

O que são bancos digitais

Bancos digitais são instituições financeiras que operam 100% online. Todos os serviços e transações são feitos de maneira remota, sem atendimento presencial nem agências físicas. Eles permitem abrir conta, solicitar cartões ou empréstimos, fazer investimentos e tirar dúvidas usando um dispositivo com acesso à internet, sem burocracia.

Aqui no Brasil, eles operam oficialmente desde 2016, ano em que aconteceu a regulamentação do Conselho Monetário Nacional (CMN), ainda que algumas instituições já atuassem digitalmente antes disso.

Os bancos digitais são uma tendência que vem se consolidando devido à praticidade, à economia, à agilidade e à segurança que proporcionam aos usuários. Afinal, tudo é feito por uma plataforma digital (site e/ou aplicativo), com menor incidência de taxas, operações mais rápidas e rígidos protocolos para tornar as transações seguras.

Entre os serviços oferecidos estão contas digitais, cartões de crédito, seguros, aplicações financeiras, empréstimos, linhas de crédito, consórcios e outras benesses. Com o auxílio da tecnologia, as instituições conseguem investir em inovação financeira e proporcionar uma experiência personalizada e eficiente aos clientes.

Como funcionam os bancos digitais

O funcionamento dos bancos digitais é bem semelhante ao de bancos tradicionais, só que mais simples e prático, pois todas as operações são feitas numa plataforma digital, que pode ser o site ou o aplicativo do banco.

Além de ter uma conta digital (que geralmente não tem incidência de tarifa) e cartão de crédito, os usuários conseguem pagar boletos, realizar transferências, fazer Pix e até investir em aplicações de renda fixa ou de renda variável. Os depósitos bancários são normalmente feitos mediante a boletos.

Quanto aos saques, eles são feitos em caixas 24h. Também é possível fazer transferências (sem taxa) e Pix para uma conta convencional.

Vale a pena salientar que o atendimento também é totalmente remoto. O suporte aos clientes é feito online, pelo app do banco.

Vantagens dos bancos digitais

Os bancos digitais fazem sucesso há algum tempo, graças aos benefícios exclusivos que oferecem aos clientes e ao uso da tecnologia para simplificar as operações e personalizar a experiência. Confira algumas das vantagens de abrir uma conta num banco digital.

Burocracia reduzida

Um dos fatores que mais atraem os clientes nos bancos digitais é a burocracia, sendo muito menor do que a envolvida nos bancos convencionais. 

Todos os processos são feitos online, desde a abertura de conta até a solicitação de serviços adicionais. Isso inclui o envio da documentação para a abertura da conta. 

Muitos bancos até mesmo oferecem contas e concedem crédito a negativados ou pessoas sem histórico bancário. Nesse sentido, é muito mais fácil ter uma conta e um cartão num banco digital.

Redução no volume de taxas envolvidas

Outra grande vantagem é a economia proporcionada pelos bancos digitais, já que as taxas são mais baixas e, em alguns casos, zeradas.

Muitos bancos não cobram tarifas de manutenção de conta, anuidade do cartão de crédito ou taxas para saques e transferências. E mesmo quando há incidência dessas taxas, elas são muito menores em comparação com as cobradas pelos bancos convencionais. Isso torna as transações muito mais acessíveis.

Facilidade de acesso a investimentos

Grande parte dos bancos digitais oferece aos seus clientes produtos financeiros. São aplicações de renda fixa ou de renda variável, como CDBs, LCIs e fundos de investimentos, que você pode acessar de uma forma simples e prática, de acordo com seu perfil de risco. Isso democratiza o acesso aos investimentos, algo essencial para investidores iniciantes.

Conveniência

Com os bancos digitais, não é preciso se preocupar com o horário de fechamento de agências, já que as portas estão abertas 24h por dia, 7 dias por semana. Todas as transações são feitas com praticidade a partir de um smartphone, tablet ou computador, ao alcance de um clique.

Desvantagens dos bancos digitais

Entretanto, os bancos digitais também apresentam algumas desvantagens que precisam ser consideradas. As principais são?

Particularidades dos saques

Como não há agências físicas, os saques da conta digital são realizados em caixas eletrônicos 24h, e algumas instituições cobram uma taxa para cada retirada na rede 24h. Além disso, essa limitação pode ser um inconveniente para clientes de cidades menores, que não têm acesso fácil a esses caixas.

Dependência da Internet

Outra dificuldade diz respeito à dependência de uma conexão com a internet. Como todos os serviços e transações são online, não é possível usar o banco sem internet. Por isso, os clientes precisam ter um bom pacote de dados e/ou acesso ao Wi-Fi.

Quais os principais bancos digitais do Brasil

Agora que você já sabe como os bancos digitais funcionam e quais são as suas vantagens e desvantagens, é hora de conhecer as principais instituições do Brasil. Confira, a seguir, um breve resumo dos bancos digitais mais conhecidos e seus diferenciais.

Nubank

O Nubank é, possivelmente, o banco digital mais conhecido do Brasil. Ele começou oferecendo cartões de crédito sem anuidade e logo ampliou seus serviços, incluindo uma conta digital sem tarifa e com rendimento mensal.

O famoso roxinho oferece segurança e acessibilidade aos clientes, democratizando o acesso a serviços bancários e ao crédito. Na NuConta, é possível deixar o dinheiro rendendo, e, além disso, o usuário pode criar “caixinhas” de investimento para cada objetivo financeiro. O aplicativo é intuitivo e tem várias funções.

Um inconveniente, porém, é a taxa de saque: a cada operação desse tipo, o banco cobra R$6,50. Além disso, a conta não tem cashback nem acumula pontos.

C6 Bank

O C6 Bank é um banco digital que oferece uma experiência personalizada aos clientes. A conta digital não tem tarifa e o cartão acumula pontos, sem cobrança de anuidade. Além disso, a instituição oferece um programa de cashback.

A conta-corrente digital para pessoas físicas oferece quatro saques gratuitamente na rede 24h. Após esse limite, cada retirada custa R$ 6,50. O banco oferece, ainda, benefícios como transferências gratuitas, tag de pedágio e de estacionamento grátis e boas opções de investimentos.

Entretanto, a taxa cobrada em caso de atraso de pagamento da fatura do cartão é alta, o que pode trazer prejuízos.

Banco Inter

O Banco Inter oferece conta digital sem mensalidade e transferências e saques ilimitados e gratuitos. As transferências também são grátis e o cartão de crédito não tem anuidade.

Um de seus diferenciais é o programa de pontos Inter Loop, que permite aos clientes acumular pontuação que pode ser trocada por milhas aéreas, cashback e outras vantagens. Além disso, oferece seguros, investimentos e a abertura de conta internacional em dólar. Uma desvantagem, porém, é que a conta não tem rendimento automático.

Neon

O banco Neon oferece conta digital sem taxa de manutenção mensal, cartão de crédito sem anuidade, transferências gratuitas e um aplicativo altamente funcional e intuitivo. Além disso, a conta rende até 113% no CDB. Há, ainda, diferenciais como cashback e o programa Viracrédito, que transforma o saldo bancário em limite no cartão.

Como desvantagem, podemos citar a cobrança de R$ 4,90 por cada saque na conta, o que pode onerar os usuários que ainda precisam fazer muitas transações em dinheiro.

Iti

Iti é o banco digital do banco Itaú, um dos bancos convencionais mais populares no Brasil. O grande destaque é a confiabilidade, por estar ligado a um banco tradicional e de boa credibilidade no mercado. Além disso, o Iti tem como diferencial a baixa burocracia e a economia: a maioria dos serviços é gratuita e é muito simples abrir uma conta digital.

A conta não tem tarifa e os clientes têm acesso a benefícios como empréstimos e cartão de crédito sem anuidade. O saldo da conta digital também rende 100% do CDI.

Apesar disso tudo, o banco tem alguns pontos fracos, como poucos benefícios extra e apenas um saque gratuito mensal: as demais retiradas de dinheiro custam R$ 6,90 cada.

Bancos digitais são seguros

Todos os bancos, incluindo os digitais, devem ser regulamentados pelo Banco Central do Brasil. Isso garante transações seguras e confiáveis e evita problemas com os serviços digitais. 

O setor bancário é um dos que mais investe em tecnologia e em segurança da informação justamente para preservar os dados e o dinheiro de seus clientes.

Para garantir a segurança, antes de abrir sua conta, pesquise sobre o banco desejado na internet. Confirme no site da Receita Federal que o CNPJ e a Razão Social da instituição existem e busque feedbacks de outros clientes nas mídias sociais, em sites como o Reclame Aqui e em órgãos como o Procon. Além disso, priorize os bancos associados ao FGC, sendo mais confiáveis.

Quais critérios avaliar na escolha de um banco digital

Com tantas opções disponíveis, é comum haver dúvida na hora de escolher um banco digital. Para ajudar nessa tomada de decisão, listaremos alguns critérios para avaliar.

Taxas e tarifas

As taxas e tarifas cobradas variam bastante de banco para banco. Algumas instituições oferecem conta digital com taxa zero e cartão de crédito sem anuidade, enquanto outras adotam valores reduzidos. É importante comparar os custos com taxa de manutenção de conta e de transferência, tarifa de saque no banco 24h, entre outros. Isso pode fazer toda a diferença.

Credibilidade da instituição

Também é importante verificar se a reputação do banco digital é boa. Afinal, a instituição que cuidará de seu dinheiro precisa ser confiável. Para isso, busque avaliações de consumidores e pesquise a classificação dos principais bancos em sites como o Reclame Aqui e no Procon.

Assegure-se também de que o banco digital tem vínculo com o FGC (Fundo Garantidor de Crédito), conferindo uma camada extra de segurança às transações.

Benefícios da conta digital

Uma das características mais marcantes dos bancos digitais são os benefícios exclusivos, como contas sem tarifa, cashback, ferramentas de gestão financeira e outras vantagens. Considere os diferenciais oferecidos pelas instituições para saber quais são mais vantajosas.

Qualidade do app

Como todas as transações são feitas online, é imprescindível que o aplicativo do banco tenha uma boa usabilidade e seja funcional. A interface deve ser intuitiva e fácil de navegar, para que a administração das finanças e as operações bancárias sejam mais simples e práticas.

Atendimento e suporte

Também é preciso considerar a qualidade e a agilidade do atendimento aos clientes. O suporte deve ser rápido e eficiente, de preferência disponível 24h por dia, incluindo fim de semana e feriados.

Investimentos oferecidos

Os bancos digitais, além de oferecerem os serviços bancários tradicionais, também têm opções de investimentos personalizadas. É interessante verificar a variedade de produtos financeiros oferecida, a rentabilidade das aplicações e o grau de risco. Assim, você não só gerencia suas finanças e realiza transações como também faz seu patrimônio aumentar.

Coloque todos esses critérios na balança, compare as vantagens e desvantagens de cada instituição e escolha o seu banco digital com muito mais segurança.

E, se você ainda não se convenceu da segurança, lembre-se de que os bancos digitais são regulamentados pelo Banco Central do Brasil. Para se tranquilizar, antes de abrir a sua conta leia o nosso post Entenda como funciona o BACEN.

Resumindo

É seguro deixar dinheiro nos bancos digitais?

Colocar seu dinheiro nos bancos digitais é seguro se você escolher uma instituição confiável, com boa reputação no mercado e vinculada ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Com esses cuidados, não há o que temer.

Quais são os 5 melhores bancos digitais?

A escolha do melhor banco digital depende das necessidades e preferências de cada usuário. Alguns dos principais bancos digitais do Brasil na atualidade, com boa credibilidade e oferecem transações seguras, são o Nubank, o Banco Inter, o Neon, o C6 Bank, o iti, entre outros.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.