Na quarta-feira (21), o renomado investidor e CEO da Berkshire Hathaway, Warren Buffett, fez uma doação de aproximadamente US$ 5 bilhões em ações da Berkshire Hathaway para organizações filantrópicas. Segundo cálculos do Business Insider, se somássemos todas as ações que ele distribuiu ao longo dos últimos 17 anos, elas teriam um valor impressionante de US$ 132 bilhões hoje.

Em um comunicado à imprensa, Buffett informou que converteu cerca de 9.100 de suas ações classe “A” da Berkshire em 13,7 milhões de ações classe “B”, totalizando um valor de US$ 4,6 bilhões no fechamento do pregão de quarta-feira.

Ação filantrópica de Warren Buffet

O CEO doou aproximadamente 10,5 milhões dessas ações para a Fundação Bill & Melinda Gates, um pouco mais de 1 milhão de ações para a Fundação Susan Thompson Buffett, e cerca de 732.000 ações para cada uma das seguintes fundações: Fundação Sherwood, Fundação Howard G. Buffett e Fundação Novo.

Buffett é um amigo próximo de Bill Gates e o principal financiador da fundação do cofundador da Microsoft, que tem como foco o combate à pobreza, doenças e desigualdades ao redor do mundo.

A Fundação Susan Thompson Buffett leva o nome da falecida esposa de Buffett, enquanto os três filhos de Buffett são responsáveis por cada uma das outras três fundações.

Em 2006, Buffett possuía 474.998 ações classe “A” quando decidiu iniciar doações anuais para causas nobres. Desde então, ele já presenteou o equivalente a 257.000 ações classe “A”, ficando atualmente com cerca de 219.000 ações restantes.

A safra original de ações de Buffett valia US$ 43 bilhões, e desde então ele não comprou nem vendeu nenhuma ação da Berkshire.

Com a valorização das ações da Berkshire nos últimos anos, o valor da participação de Buffett aumentou significativamente. Como resultado, as ações que ele doou ao longo do tempo têm um valor de cerca de US$ 50 bilhões com base no valor atual, ou seja, mais do que seu patrimônio líquido total em 2006.

Considerando o preço atual das ações da Berkshire, essas doações estariam avaliadas em US$ 132 bilhões.

Com o movimento, Elon Musk segue como o maior patrimônio

As ações remanescentes de Buffett têm um valor aproximado de US$ 113 bilhões e representam a maior parte de seu patrimônio líquido, que é de US$ 118 bilhões.

Caso Buffett tivesse mantido todas essas ações, sua fortuna ultrapassaria os US$ 250 bilhões. Esse número supera a fortuna de US$ 232 bilhões de Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, que atualmente lidera o Bloomberg Billionaire Index.

“A matemática dos compromissos vitalícios com as cinco fundações é interessante”, afirmou Buffett em seu comunicado à imprensa na quarta-feira, destacando que ele doou mais dinheiro do que o previsto inicialmente em 2006. Ele também ressaltou que a escala de suas doações é resultado de diversos fatores fundamentais.

Buffett já doou 54% de suas ações da Berkshire até o momento e prometeu destinar mais de 99% de sua riqueza pessoal para causas nobres.

No ano passado, ele intensificou seus esforços filantrópicos com uma doação surpresa em novembro, na qual distribuiu ações classe “B” no valor total de US$ 759 milhões para suas quatro fundações familiares, descrevendo a ação como o “aval definitivo” de seus filhos.

Com informações de Business Insider

Veja também:
Warren Buffett reforça aposta no Japão e aumenta participação em cinco empresas do país

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.