Ultrapar (UGPA3), uma das líderes no setor de distribuição de combustíveis e química no Brasil, divulgou nesta quinta-feira (9) seus resultados financeiros do primeiro trimestre de 2024 (1T24), revelando um aumento impressionante de 66% em seu lucro líquido em comparação com o mesmo período do ano anterior. Esse marco histórico reflete não apenas a resiliência da empresa em um ambiente desafiador, mas também sua capacidade de adaptação e crescimento contínuo.

Desempenho financeiro em destaque

Durante o primeiro trimestre de 2024, a Ultrapar alcançou um lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) ajustado de R$ 1,357 bilhão, representando um aumento sólido de 26% em relação ao ano anterior. Embora a receita líquida tenha apresentado uma leve queda de 1% em comparação anual, a empresa demonstrou eficiência na gestão de despesas, resultando em um lucro líquido significativo.

Além disso, a Ultrapar registrou uma despesa financeira líquida de R$ 283 milhões no primeiro trimestre. Uma melhoria considerável em relação ao mesmo período do ano anterior. Isso foi impulsionado principalmente pelo menor saldo médio da dívida líquida e pelas condições favoráveis do mercado financeiro.

Comentários da Ultrapar sobre os resultados do 1T24

Ao comentar sobre os resultados, a Ultrapar enfatizou a continuidade dos bons resultados operacionais de seus principais negócios. Destacando a redução das despesas como um fator-chave para o aumento do lucro líquido. Essa eficiência operacional demonstra a capacidade da empresa de enfrentar desafios e aproveitar oportunidades em um ambiente em constante mudança.

Perspectivas futuras 

Olhando para o futuro, a Ultrapar está focada em expandir sua presença em setores estratégicos. Como o agronegócio, como evidenciado pela recente aquisição de participação na Hidrovias do Brasil. Além disso, a empresa recebeu a última parcela da venda da Oxiteno, fortalecendo ainda mais sua posição financeira e estratégica no mercado.

Gabryella Mendes

Redatora do Melhor Investimento.