A TIM (TIMS3) alcançou um marco significativo ao se tornar a terceira operadora global a estabelecer um acordo comercial com a Apple. Como parte desse acordo, a operadora vai integrar diversos serviços da Apple, como o Apple Music, Apple TV, iCloud para armazenamento de dados na nuvem e o Arcade, plataforma de jogos, em seus planos pós-pagos conhecidos como TIM Black, sem custo adicional para os usuários.

Além disso, eles oferecerão descontos de quase 50% nos modelos mais recentes da Apple, como o iPhone 13 e 14, durante três meses. Ainda olhando para o futuro, a TIM tem planos de comercializar os óculos de realidade mista, chamados Vision Pro, que foram anunciados nos Estados Unidos em junho.

Alberto Griselli, presidente da TIM Brasil, destaca que essa parceria com a Apple é a mais abrangente até o momento, com foco na inovação e uma ampla variedade de serviços oferecidos aos clientes. Ele também menciona um acordo recente com as companhias aéreas Gol e Latam, que permite aos clientes da operadora navegar gratuitamente na web durante os voos.

Para marcar o lançamento da parceria, a TIM preparou descontos expressivos nos modelos de iPhone por um período de três meses. Durante esse período, os preços dos aparelhos terão reduções significativas, variando conforme o modelo escolhido. Por exemplo, o iPhone 14 com 128GB de memória, que normalmente custa R$ 7.599 no site da Apple, estará disponível por apenas R$ 3.999 na ação promocional da TIM para planos pós-pagos TIM Black, representando um desconto de 47,4%.

Já a versão do iPhone 14 com 256GB terá seu preço reduzido de R$ 8.599 para R$ 4.999. Quanto ao iPhone 13 com 128GB, seu valor cairá de R$ 6.499 no site da Apple para R$ 3.499 na operadora, o que equivale a uma redução de 46,2%. Ademais, o iPhone 12 também será incluído na ação promocional ao longo do segundo semestre.

Paulo Esperando Junior, diretor de Marketing da TIM, enfatiza o objetivo da operadora de oferecer a melhor oferta do mercado para o iPhone, e ressalta que o parcelamento na TIM pode ser feito em até doze vezes, chegando a 21 parcelas em alguns canais de varejo.

Veja também:
Apple (AAPL34) enfrenta ação judicial bilionária no Reino Unido

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.