Em conferência, nesta terça-feira (19), a presidente da SpaceX, Gwynne Shotwell, informou que a companhia começou a vender satélites com lasers para outras empresas do setor.

A iniciativa da SpaceX surge em um momento em que empresas espaciais estão optando por vender espaçonaves, na busca por diversificar suas receitas e garantir financiamento para projetos de maior porte. 

Após conferência da indústria de satélites em Washington (EUA), Shotwell, confessou à Reuters que a SpaceX não costuma ter esse tipo de iniciativa, sendo “algo novo” para a empresa. Ainda sim, a executiva revelou que a SpaceX já está em negociações com potenciais clientes interessados nos itens. 

A tecnologia dos satélites Starlink da SpaceX amplia a cobertura global de internet e reduz a dependência de estações terrestres. Isto deve-se ao fato de que os satélites utilizam conexões a laser entre si para transmitir dados no espaço à velocidade da luz.

Dentro do escopo da inovação, a companhia está desenvolvendo e testando seu foguete Starship, projetado para ser mais barato e poderoso do que o Falcon 9, seu principal veículo de lançamento.

Lucas Machado

Redator do Melhor Investimento e estudante de Psicologia, com mais de dois anos de experiência em redação de artigos relacionados aos mais variados assuntos e campos do saber.