Vladimir Putin saiu mais uma vez como o vencedor incontestável das eleições presidenciais russas, consolidando sua liderança no país por um período adicional de pelo menos seis anos. Com uma participação eleitoral recorde e uma vitória esmagadora nas urnas, Putin garantiu sua permanência no poder até pelo menos 2030. 

A pesquisa de boca de urna conduzida pela agência governamental russa Vciom, indicou uma vitória avassaladora para Putin, com 87% dos votos. Superando até mesmo seus próprios recordes anteriores, Putin ganhou com 87,28% dos votos

A participação dos eleitores atingiu seu nível mais alto desde 1991, alcançando 74,22%, quando Boris assumiu como primeiro presidente após a queda da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas). 

Vale ressaltar que a longa permanência no poder de Putin, que já se estende por quase 25 anos, somente é inferior ao tempo de governo de Josef Stalin, que esteve a frente da URSS por 28 anos e 11 meses. No entanto, indo para o seu 5º mandato, Putin deve superar o antigo líder soviético, neste aspecto. 

Apuração de votos da eleição russa de 2024

Além de Putin, outros três candidatos concorreram à presidência, contudo, o percentual de votos obtidos por eles foi significativamente inferior ao do vencedor. Confira: 

CandidatoPosiçãoPercentual de Votos
Vladimir Putin87,28%
Nikolai Kharitonov4,31%
Vladislav Davankov3,85%
Leonid Slutsky3,20%

A oposição russa  rotula os demais candidatos de “fantoches”, sugerindo que suas candidaturas servem meramente para conferir uma fachada de legitimidade ao processo eleitoral.

Lucas Machado

Redator do Melhor Investimento e estudante de Psicologia, com mais de dois anos de experiência em redação de artigos relacionados aos mais variados assuntos e campos do saber.