Rodrigo Rollemberg (PSB), Secretário de Economia Verde, Descarbonização e Bioindústria do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, anunciou que o governo está elaborando um projeto para regulamentar o mercado de carbono, o que pode resultar em um investimento de até US$ 120 bilhões no país até 2030.

Durante entrevista concedida ao Poder360 na segunda-feira (8), foi mencionado que, de acordo com um relatório divulgado pela Câmara de Comércio Internacional, o Brasil tem potencial para atrair até US$ 120 bilhões até 2030 através do mercado de carbono, sendo parte proveniente do mercado voluntário e outra parte do mercado regulado.

O governo identificou três projetos em andamento no Congresso para regulamentação do setor, e para discutir o assunto, ocorre semanalmente uma reunião com a participação de cinco ministérios: Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços; Meio Ambiente; Fazenda; Minas e Energia; e Agricultura.

Conforme mencionado pelo secretário, uma minuta para a regulamentação do setor já foi elaborada pelo governo, porém não foi divulgada publicamente. Espera-se que o projeto seja encaminhado ao Congresso até o final deste semestre.

“Você tem [no Brasil] uma matriz energética limpa e que está em expansão. As possibilidades que se abrem hoje, especialmente com as eólicas offshore, e a produção de hidrogênio verde podem fazer do Brasil uma grande liderança mundial em uma economia de baixo carbono“, disse Rollemberg. 

Veja também:
BNDES anuncia R$ 2 bilhões em linha de crédito para o agronegócio

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.