A Gerdau (GGBR4), empresa liderada pelo CEO Gustavo Werneck, planeja expandir suas operações em Minas Gerais. Em uma declaração revelada na última quinta-feira (15), foi anunciado um investimento de R$ 3,2 bilhões para a implementação de uma nova plataforma de mineração sustentável.

O projeto será executado entre 2023 e 2026, prevendo a criação de mais de 5 mil empregos. A estratégia inclui o uso de um método de empilhamento a seco de rejeitos de mineração, evitando o uso de barragens convencionais e reduzindo as emissões de gases de efeito estufa. Após o anúncio, as ações da empresa encerraram o dia valendo R$ 25,92.

De São Paulo para Belo Horizonte

Durante o anúncio, o CEO da Gerdau afirmou ainda que a empresa vai transferir de São Paulo para Belo Horizonte a sede da operação de mineração e aços planos. “É mais um sinal da presença cada vez mais forte da Gerdau no estado”, disse.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), participou do anúncio. “Um estado como Minas Gerais, que ainda precisa recorrer ao regime de recuperação fiscal, como outros estados, é um estado que não pode se dar ao luxo de perder qualquer negócio”, afirmou.

Resultados Gerdau 1T23

No primeiro trimestre de 2023, a Gerdau obteve bons resultados financeiros. De acordo com o balanço divulgado em maio, a empresa registrou um lucro líquido de R$ 3,215 bilhões, representando um aumento de 9,35% em relação ao mesmo período do ano anterior. O lucro líquido ajustado foi de R$ 2,388 bilhões, enquanto o Ebitda ajustado alcançou R$ 4,322 bilhões, uma alta de 19,1% em comparação ao trimestre anterior.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.