Na manhã desta sexta-feira (14), a Eletrobras (ELET3; ELET6) comunicou a compra de fatias que pertenciam à Cemig em duas usinas hidrelétricas, ambas em Minas Gerais, pelo valor total de R$ 593,4 milhões.

A aquisição foi feita através da subsidiária Furnas e envolve duas subsidiárias da Cemig, a Cemig Geração e Transmissão (Cemig GT), em Retiro Baixo e Baguari Energia. O acordo adiciona à companhia mais R$ 79 milhões em Ebitda, esperado para 2023 e aumenta em 88,5 MW a sua capacidade instalada.

Ao desembolsar R$ 200,4 milhões para aquisição de 49,9% da participação da Cemig, a Eletrobras passa a ter uma uma participação de 98,9% na usina hidrelétrica de Retiro Baixo. Para a Baguari Energia, localizada em Governador Valadares, a Eletrobras investiu R$ 393 milhões em troca de 34% da usina e agora possui 100% do ativo.

Ainda de acordo com um comunicado da empresa, as aquisições estão em linha com o objetivo estratégico da Eletrobras, que visa simplificar sua estrutura, promover o crescimento rentável e fortalecer sua posição de liderança no setor de energias renováveis.

Detalhes do negócio entre Eletrobras e Cemig

– Aquisição de 49,90% de participação acionária na usina Retiro Baixo, por R$ 200 milhões.
– Aporte de R$ 393 milhões por 34% da usina Baguari Energia , passando a ter 100% do ativo.
– Valor total investido pela Eletrobras: R$ 593,4 milhões.
– R$ 79,0 milhões de EBITDA (esperado para este ano).

Veja também:
BlackRock aumenta participação em ações da Cemig (CMIG4)

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.