O conselho de administração do Banco Pine (PINE4) aprovou nesta segunda-feira, 10, a abertura do seu programa de recompra. A iniciativa possibilita a aquisição de até 1 milhão de ações preferenciais emitidas pela própria instituição, as quais serão mantidas em tesouraria para posterior alienação ou cancelamento, sem que haja redução no capital social.

De acordo com o Banco Pine, a compra visa a maximização da geração de valor para os acionistas. Atualmente, há um total de 59.129.407 ações preferenciais em circulação no mercado.

Banco Pine (PINE4) teve lucro líquido de R$ 22,4 milhões no 4T22

No quarto trimestre de 2022, o Banco Pine (PINE4) registrou um lucro líquido de R$ 22,4 milhões. Esse valor representa um aumento significativo de 1.623% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando obteve lucro de R$ 1,3 milhão. No terceiro trimestre de 2022, o lucro foi de R$ 12,2 milhões.

“O crescimento no lucro líquido no 4T22 ante ano anterior deve-se a uma melhora operacional e aumento na geração de receitas em todos os nossos negócios. O sólido crescimento da carteira de crédito de empresas, consolidação da operação de varejo, atividade crescente na mesa de clientes e tesouraria, maior geração de receitas de tarifas, comissões e seguros e monetização de resultados em ativos imobiliários”, apontou o banco através de relatório de resultados.

Veja também:
Marisa (AMAR3) aposta em plano de reestruturação

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.