A partir da próxima segunda-feira (3), a Área do Investidor da plataforma online da B3 (B3SA3) irá introduzir a opção de portabilidade de investimentos. Isso permitirá a transferência eletrônica de ativos entre diferentes agentes de custódia.

Atualmente, as corretoras podem exigir que os investidores façam o download e preenchimento de formulários, e, em alguns casos, até reconhecimento de firma em cartório. Em alguns casos, também pode ser necessário enviar os documentos pelos Correios para concluir a transferência.

De acordo com a Bolsa, a nova funcionalidade possibilitará a transferência automatizada de diversos produtos, como ações, ETFs, fundos listados (incluindo fundos imobiliários, os FIIs), BDRs (Brazilian Depositary Receipts), ouro, direitos, recibos e proventos financeiros.

O objetivo é substituir os processos manuais e em papel relacionados à transferência de ativos com a mesma titularidade entre corretoras. Além de trazer eficiência para o mercado ao lidar com as solicitações dos investidores, essa nova funcionalidade busca simplificar e tornar o processo mais transparente para todos os envolvidos.

A B3 também informou que o projeto será lançado em uma etapa inicial chamada de Produção Assistida, na qual serão acompanhadas as portabilidades entre os agentes de custódia autorizados para realizar os procedimentos. Até dezembro, a funcionalidade será gradualmente disponibilizada para os demais participantes do mercado.

Resultado da B3 (B3SA3) no 1T23

No primeiro trimestre de 2023 (1t23), a B3 (B3SA3) divulgou seus resultados, revelando um lucro líquido de R$ 1,1 bilhão, uma diminuição de -1,1% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda recorrente da B3 alcançou R$ 1,6 bilhão no 1T23, registrando uma queda de -5,8% em comparação com o 1T22. A margem Ebitda recorrente da B3 foi de 73,4% no 1T23, apresentando uma redução de -2,0 pontos percentuais em relação ao 1T22.

Já a margem líquida da B3 atingiu 44,3% no 1T23, mostrando uma diminuição de -3,9 pontos percentuais em comparação com o 1T22.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.