O Conselho de Administração da B3 (B3SA3), empresa operadora da bolsa de valores brasileira, aprovou nesta quinta-feira (23)  o pagamento de R$ 347 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP) aos seus acionistas no mês de abril.

A cifra representa o valor bruto de R$ 0,05994865 por ação. Deduzido o imposto de renda na fonte de 15% (exceto para os acionistas comprovadamente imunes ou isentos), o valor líquido por ação fica em R$ 0,05095635.

O provento levará em conta os titulares de ações da companhia até o dia 28 de março de 2023, na próxima terça-feira. A partir do dia 29 de março, os papéis não darão direito ao recebimento do provento e as ações serão negociadas como “ex-juros sobre capital próprio”.

Sendo assim, ainda dá tempo de comprar os papéis agora e ter direito ao dinheiro ou esperar a data de corte e adquirí-los por um valor menor, mas sem direito ao JCP.

A B3 frisou que os valores por ação são estimados e poderão ser modificados em razão da alienação de ações em tesouraria, a fim de  atender ao Plano de Concessão de Ações da companhia ou outros planos baseados em ações, ou ainda em razão de aquisição de ações no âmbito do programa de recompra.

A previsão é que o pagamento seja efetuado até o próximo dia 10 de abril.

Veja em detalhes:

B3 (B3SA3)
Valor total do JCP:
R$347 milhões
Valor bruto por ação: R$ 0,05994865
Data de corte: 28 de março
Data do pagamento: 10 de abril de 2023

Sobre a B3

A B3 é uma das principais empresas de infraestrutura de mercado financeiro no mundo, com atuação em ambiente de bolsa e de balcão. Sociedade de capital aberto – cujas ações (B3SA3) são negociadas no Novo Mercado –, a Companhia integra os índices Ibovespa, IBrX-50, IBrX e Itag, entre outros. Reúne ainda tradição de inovação em produtos e tecnologia e é uma das maiores em valor de mercado, com posição global de destaque no setor de bolsas.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.