Após o anúncio da nova política de distribuição de dividendos da Petrobras (PETR4), as ADRs da empresa negociadas nos EUA apresentaram uma alta no pré-market desta segunda-feira (31), antes da abertura das bolsas locais.

Os papéis PBR-A registraram um aumento de 1,11% às 7h47 (horário dos EUA) na Bolsa de Nova York (NYSE). Esse desempenho pode influenciar a abertura do Ibovespa, o principal índice acionário da B3, visto que as mudanças nas regras de dividendos da Petrobras eram amplamente aguardadas.

De acordo com a petroleira, o pagamento de dividendos será feito com base em 45% do fluxo de caixa livre da companhia no trimestre, uma vez que a distribuição agora será realizada de forma trimestral. Anteriormente, o montante a ser pago aos acionistas era de 60% do fluxo de caixa livre.

Além disso, a empresa anunciou recompras de ações para remunerar seus acionistas, visando a “manutenção das ações adquiridas em tesouraria e posterior cancelamento”, além de estabelecer uma remuneração mínima anual de US$ 4 bilhões para períodos em que o barril do petróleo tipo Brent estiver acima de US$ 40. Na sexta-feira (28), o Brent fechou em alta de US$ 0,75, a US$ 84,99 o barril.

Essa revisão na política de dividendos da companhia foi defendida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva desde as eleições presidenciais, pois ele considerava que os valores distribuídos aos acionistas eram muito elevados.

Na próxima quinta-feira (3), será divulgado ao mercado o balanço financeiro da estatal referente ao segundo trimestre de 2023.

O que são ADRs?

Os ADRs são certificados de ações emitidos por bancos dos Estados Unidos, mas com lastro nos valores mobiliários de empresas de outros países, inclusive brasileiras. 

Por isso, a negociação ocorre em dólar, nas bolsas americanas. O pagamento de dividendos, a compra e venda de ativos acontece de maneira regular, assim como em outras modalidades.

Esse produto financeiro foi criado ainda em 1927 para facilitar o investimento dos americanos em ações de empresas do exterior. Assim, deixava de ser necessário lidar com diferenças regulatórias e taxas de câmbio.

Saiba mais sobre ADRs clicando aqui

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.