No início de março, a empresa Caixa Seguridade (CXSE3) anunciou o pagamento de R$ 1,5 bilhão em dividendos aos acionistas, o que equivale a R$ 0,50 por ação.

Os dividendos pagos pela empresa totalizam R$ 1,5 bilhão, sendo R$ 696.955.867,80 referentes aos dividendos mínimos obrigatórios e R$ 803.044.132,20 em dividendos adicionais.

Os acionistas que mantiverem posição na ação até o final da sessão de hoje, 27 de abril de 2023, terão direito ao pagamento, com sexta-feira (28) sendo a data ex-direitos.

A distribuição da Caixa Seguridade (CXSE3) representa 91,8% do lucro líquido ajustado de 2022, totalizando R$ 2,5 bilhões, incluindo os proventos já distribuídos em novembro de 2022.
A data de pagamento, segundo a companhia, ficou definida para 8 de maio de 2023.. 

Companhia de logística Wilson Sons (PORT3) vai distribuir R$ 137 mi em dividendos

A empresa Wilson Sons (PORT3) foi outra que confirmou a distribuição de dividendos no valor total de R$ 137.269.048,80, com pagamento de R$ 0,312 por ação ordinária.

Nos mesmos moldes da Caixa Seguridade, os investidores da PORT3 com posição acionária final da sessão de hoje, 27 de abril, terão direito aos créditos.

As ações serão negociadas “ex-dividendos” a partir da próxima sexta-feira, 28 de abril.

Segundo o comunicado enviado à imprensa, os pagamentos serão efetuados no dia 8 de maio.

Resultados da Wilson Sons (PORT3) no 4T22

No 4T22, a Wilson Sons (PORT3) obteve lucro líquido de R$ 112,6 milhões, um aumento de 169% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em 2022, a empresa acumulou um lucro de R$ 338,9 milhões, representando um crescimento anual de 51,5%.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) da Wilson Sons (PORT3) apresentou um aumento de 32,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, totalizando R$ 250,7 milhões. 

Já o Ebitda acumulado em 2022 foi de R$ 939 milhões, com um crescimento anual de 9,3%, impulsionado pelos resultados resilientes de rebocadores e logística, segundo a empresa.

A receita líquida da Wilson Sons (PORT3) apresentou um avanço de 1,1% no 4T22, totalizando R$ 584 milhões, enquanto no acumulado do ano de 2022, o crescimento foi de 6,2%, totalizando R$ 2,27 bilhões.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.