A produção de carros nas fábricas da Volkswagen no Brasil será temporariamente suspensa, conforme anunciado pela empresa na última terça-feira (27). A justificativa apresentada pela montadora é a “estagnação do mercado”.

A decisão ocorre mesmo com a existência de um programa de incentivo do governo à indústria automotiva, que foi divulgado em 6 de junho e oferece descontos para carros com valores de até R$ 120 mil. Quando questionada pelo G1, a empresa não comentou sobre a relação entre o programa do governo federal e sua decisão.

A fábrica em São José dos Pinhais (PR), onde o T-Cross é produzido, já está em layoff (suspensão temporária de trabalho) em um turno desde 5 de junho deste ano, com duração prevista de 2 a 5 meses.

O outro turno da mesma unidade começou a paralisação na segunda-feira (26). As atividades ficarão suspensas até sexta-feira (30), seguindo um esquema de compensação de horas.

Na fábrica de Taubaté (SP), onde o Polo Track e o Novo Polo são fabricados, ambos os turnos de produção estão interrompidos nesta semana (de 26 a 30 de junho), também seguindo um esquema de compensação de horas.

Quanto à unidade Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), onde o Novo Virtus, Novo Polo, Nivus e Saveiro são produzidos, férias coletivas de dez dias foram estabelecidas para os dois turnos de produção, a partir de 10 de julho.

De acordo com a Volkswagen, “todas as medidas de flexibilização estão de acordo com o Acordo Coletivo firmado entre o sindicato e os colaboradores da empresa”.

Carros com desconto

Segundo os dados mais recentes do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), 84% dos recursos destinados ao financiamento do programa governamental de redução de preços para carros de até R$ 120 mil já foram utilizados.

No total, as fabricantes de veículos já solicitaram um montante de R$ 420 milhões em créditos tributários dos R$ 500 milhões disponíveis para os descontos oferecidos aos consumidores individuais na compra de veículos novos. Dessa quantia, a Volkswagen obteve a liberação de R$ 60 milhões.

Veja também:
Confira as mudanças nos preços dos carros populares após novo programa do governo

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.