A fabricante de caminhões e ônibus Scania anunciou, nesta quinta-feira (20), um investimento de 2 bilhões de reais no Brasil ao longo dos próximos quatro anos.

A transação dá continuidade a um aporte anterior de 1,4 bilhão de reais, que começou em 2021 e foi concluído este ano.

De acordo com a empresa, os recursos destinados para o período de 2025 a 2028,  que representam um aumento de quase 43% em relação ao ciclo anterior,  têm como foco fortalecer os esforços da Scania na redução das emissões de carbono nos sistemas de transporte e logística.

Através deste anúncio, a Scania se junta a outras montadoras que recentemente divulgaram investimentos no país, totalizando mais de 100 bilhões de reais. Entre essas empresas estão fabricantes como BYD, Stellantis, General Motors e Hyundai.

Com sede na Suécia, a Scania entregou no mês passado seus primeiros caminhões movidos a biodiesel puro (B100) ao conglomerado Amaggi, como parte de um acordo firmado no ano passado para a venda de cerca de 100 veículos Euro 6 movidos a B100.

Até o mês de maio de 2024, o número de licenciamentos de caminhões da empresa aumentou 85% em comparação ao mesmo período do ano anterior, totalizando 7,7 mil unidades, conforme dados da associação de montadoras Anfavea.

Já no segmento de ônibus, a Scania também registrou um crescimento nos licenciamentos, que subiram para 237 unidades no mesmo período, em comparação com 100 unidades no ano anterior.

Gabryella Mendes

Redatora do Melhor Investimento.