O fundo imobiliário SNLG11 está projetando um retorno significativo de dividendos a partir do próximo mês de abril, de acordo com um relatório recente. Essa previsão surge em meio à expectativa de encerramento das Sociedades de Propósito Específico (SPEs), parte do patrimônio do fundo, o que permitirá o início das receitas de aluguel. 

O SNLG11, um fundo imobiliário em destaque, está no radar dos investidores devido à sua perspectiva otimista para os dividendos a partir de abril. Conforme o relatório divulgado pela gestão do fundo, a expectativa se baseia na conclusão do encerramento das SPEs neste mês, o que abre caminho para a entrada de receitas de aluguel.

A gestora também delineou um cenário mais cauteloso, considerando um possível atraso na apuração das receitas, bem como a não locação do imóvel em Pirituba/SP (Itambé) ao longo de 2024. Este último evento ocorreu devido à notificação da empresa locatária, Itambé, que manifestou interesse em deixar o imóvel antes do término do contrato de locação, devido a mudanças nas operações do grupo Lactalis, ao qual a Itambé agora faz parte.

Apesar de terem registrado resultados positivos em caixa nos primeiros meses do ano, o fundo destaca que enquanto as SPEs não dissolverem, seguirá o regime contábil, utilizando os lucros para compensar prejuízos acumulados.

Julia Peres

Redatora do Melhor Investimento.