Nesta segunda-feira (10), a empresa colombiana de entregas Rappi anunciou um acordo para adquirir a empresa brasileira Box Delivery, que opera no setor de entregas de alimentos e produtos em atacado no país.

Embora o valor da compra de 100% da Box não tenha sido divulgado, a Rappi confirmou que este é o seu maior negócio até o momento, já que a empresa não tem um histórico significativo de aquisições.

Fundada em 2016 em Santos (SP), a Box fornece serviços de logística de entrega para empresas, contando com clientes como Ultrafarma, Burger King, entre outras companhias.

“Com modelos de negócio complementares, a operação das duas empresas serão integradas gradualmente, enriquecendo sua expertise e seu time de especialistas”, disse a Rappi em comunicado à imprensa.

De acordo com a Rappi, o negócio também tem potencial para impulsionar o crescimento do seu segmento de varejo, que oferece entregas em até 15 minutos.

Sebastian Mejia, presidente da Rappi, revelou à Reuters que as negociações com a Box já estavam em andamento desde o segundo semestre de 2022. “Não temos a cultura de fazer aquisições, a menos que surja uma oportunidade e as conexões certas, o que encontramos com a Box”, afirmou o executivo.

Mejia afirmou que a Aliansce Sonae, uma gestora de shopping centers e um dos investidores da Box, se tornará sócia da Rappi com a aquisição da empresa.

De acordo com Mejia, a Rappi, presente em nove países da América Latina, considera o Brasil como um mercado prioritário. A empresa está presente em cerca de 140 cidades no país. “Essa transação demonstra nosso compromisso com o Brasil”, afirmou ele, sem divulgar detalhes financeiros, citando um “momento muito especial” para o setor no país.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.