Apesar da expectativa de redução da taxa de juros a partir de agosto e da diminuição da inflação nos últimos meses, os fundos imobiliários que investem em títulos relacionados ao mercado imobiliário continuaram oferecendo dividendos superiores a 1% ao mês em 2023. Segundo informações da Economatica, dos 10 fundos imobiliários mais lucrativos do ano, sete pertencem ao segmento de recebíveis.

Esses fundos têm a capacidade de refletir de forma ágil as variações da inflação e da taxa de juros em seus rendimentos, devido à sua natureza. Segundo a pesquisa, a rentabilidade desses fundos variou de 8,77% a 7,68% no acumulado do ano, o que equivale a um retorno mensal de 1,28% a 1,46%. O FII KIVO11 se destacou como o fundo que pagou os maiores dividendos em 2023, de acordo com o ranking.

O fundo híbrido MGHT11 também conseguiu entregar o mesmo percentual de retorno durante o período. No entanto, quando observamos os rendimentos acumulados nos últimos 12 meses, sua rentabilidade foi de apenas 12,68%, enquanto o KIVO11 apresentou um dividendo de 16,42%.

Veja os FIIs mais rentáveis do semestre

FIISegmentoDY em 2023DY em 12 meses
MGHT11HÍBRIDO8.77%12.68%
KIVO11RECEBÍVEIS8.77%16.42%
CACR11RECEBÍVEIS8.57%17.27%
KNRE11RECEBÍVEIS8.35%38.33%
HABT11RECEBÍVEIS8.30%13.68%
VOTS11RECEBÍVEIS8.18%13.88%
JPPA11RECEBÍVEIS8.01%17.34%
RBOP11TIJOLO7.97%23.52%
URPR11HÍBRIDO7.75%13.98%
RZAK11RECEBÍVEIS7.71%17.22%
Fonte: Economatica

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.