Apesar de ter registrado um prejuízo ligeiramente maior no primeiro trimestre de 2023 em comparação com o mesmo período do ano anterior, a Natura (NTCO3) teve seus resultados avaliados como melhores do que o esperado por analistas do mercado após novo balanço.

Segundo informações divulgadas na última segunda-feira (8), no primeiro trimestre de 2023, a Natura&Co registrou prejuízo líquido de R$ 652,4 milhões. Resultado um pouco acima dos R$ 643 milhões do mesmo período do ano anterior. 

Já por volta das 12h25 desta terça-feira (9), as ações da Natura estavam sendo negociadas a R$ 12,60, refletindo um avanço de 11,80%, em resposta aos números divulgados.

Apesar disso, o resultado operacional apresentou um avanço de 41,3%, com o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) chegando a R$ 841,7 milhões entre janeiro e março. Por outro lado, a receita líquida da empresa recuou 3%, totalizando R$ 8,02 bilhões.

Em relatório, os analistas da XP, Daniela Eiger, Gustavo Senday e Thiago Suedt avaliaram que os resultados divulgados pela Natura foram mistos, apesar de serem melhores se analisados de uma perspectiva geral. Eles destacaram a expansão da margem bruta em todas as unidades de negócio e a dinâmica sólida de produtividade, mas observaram uma queda na base de representantes devido a ajustes e uma receita pressionada na The Body Shop.

Acesse o relatório completo clicando aqui.

Veja também:
Bolsas asiáticas registram queda no início desta semana; entenda o motivo

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.