Arthur Lira (PP), o presidente da Câmara dos Deputados, indicou que deve apresentar nesta semana o pedido para estabelecer a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que será responsável por investigar o déficit contábil de R$20 bilhões nos registros financeiros da Americanas (AMER3).

No final de março, a empresa de varejo apresentou seu plano de recuperação judicial com uma injeção de R$ 10 bilhões à 4ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro. A empresa admitiu ter dívidas de R$ 43 bilhões com 16,3 mil credores.

O pedido para criação da CPI da Americanas contou com apoio político do partido de Lira. O deputado André Fufuca, líder da legenda na Câmara, foi quem apresentou a solicitação.

Segundo Fufuca, é de conhecimento geral que as fraudes contábeis em empresas de capital aberto podem causar prejuízos significativos, afetando um número indeterminado de pessoas e outras empresas.

O político ainda ressaltou que o caso envolvendo a Americanas compromete a credibilidade do mercado de ações como um todo no Brasil.

No pedido de instalação da CPI, Fufuca afirmou que é de interesse público garantir que os investidores possam confiar plenamente que a economia popular não será prejudicada por fraude, erros ou ocultação de rombos contábeis, e que o poder público deve investigar e expor tudo o que ocorre em casos dessa natureza.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.