O Grupo Mateus (GMAT3) anunciou uma nova atualização em seu plano de expansão: a inauguração de mais um atacarejo na Bahia, desta vez na cidade de Eunápolis. Esta nova unidade marca a oitava operação do grupo no estado, reforçando sua presença na região.

A nova unidade, que possui 3.851 m² de área de vendas, foi desenvolvida para atender às necessidades específicas dos consumidores locais. Além de um variado mix de produtos, a loja oferecerá serviços como peixaria, açougue e padaria.

Somente este ano, o Grupo Mateus já abriu sete novas lojas, aumentando seu total de operações para 263. Essa expansão demonstra o compromisso da empresa em ampliar sua rede de lojas e consolidar sua posição no mercado de varejo e atacado no Brasil.

A decisão de inaugurar uma loja em Eunápolis está alinhada com a estratégia do Grupo Mateus de expandir sua presença em áreas com potencial de crescimento econômico e alta demanda por serviços diferenciados no setor de atacarejo, conforme declarado pela empresa.

Grupo Mateus e Novo Atacarejo anunciam parceria estratégica no Nordeste

No fim do mês de maio, o Grupo Mateus e o Novo Atacarejo surpreenderam o mercado ao revelar um memorando de entendimento não vinculativo (MOU) para uma parceria estratégica. Esta joint venture combinará 21 lojas do Grupo Mateus em Pernambuco, Paraíba e Alagoas com 29 lojas do Novo Atacarejo, criando uma nova empresa de R$ 6,8 bilhões em receita bruta. Com 51% da participação pertencente ao Grupo Mateus e os restantes 49% aos acionistas do Novo Atacarejo, esta parceria promete redefinir o cenário varejista do Nordeste.

Análise dos impactos financeiros e estratégicos

Na época, o anúncio da parceria impulsionou as ações, demonstrando o otimismo dos investidores em relação aos impactos financeiros e estratégicos. Analistas destacam que o investimento previsto entre R$ 500 milhões e 900 milhões por parte do Grupo Mateus terá um impacto limitado na alavancagem consolidada. Com as receitas do Novo Atacarejo representando quase metade das receitas do Grupo Mateus nos três estados em questão, espera-se um crescimento substancial na região.

Gabryella Mendes

Redatora do Melhor Investimento.