A Grendene (GRND3) aprovou nesta segunda-feira (17), em sua Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária, a proposta do Conselho de Administração de distribuir R$ 316.639.487,09 mais um adicional de R$ 1 bilhão aos titulares de ações ordinárias.

O valor bruto total aprovado é de R$ 1.316.639.487,09, dos quais R$ 202.408.465,07 já foram antecipados em 2022, resultando em um valor bruto de R$ 1.114.231.022,02 a ser pago aos acionistas a partir do dia 17 de maio de 2023.

O valor será distribuído aos acionistas na forma de JCP no montante bruto de R$ 0,121929952 por ação e na forma de dividendo complementar no valor de R$ 1,113144005 por ação.

Os acionistas titulares de ações ordinárias (GRND3) registrados na companhia em 02/05/2023 (data do corte) terão direito aos JCP e dividendos complementares.

As ações GRND3 passarão a ser negociadas ex-dividendo e ex-JCP a partir de 03/05/2023.

Sobre a Grendene (GRND3)

A Grendene S.A. é uma empresa brasileira fabricante de calçados, fundada em 1971 na cidade de Farroupilha, no Rio Grande do Sul. A empresa é conhecida por marcas como Melissa, Ipanema, Rider, Grendha, Zaxy, Cartago e Pega Forte, sendo líder na produção de calçados injetados no Brasil e uma das maiores fabricantes mundiais desse tipo de produto. 

A empresa possui fábricas no Brasil e também em outros países, como México e Índia, e exporta seus produtos para diversos países. Além disso, a Grendene também atua no segmento imobiliário, através da Grendene Empreendimentos Imobiliários, e na produção de energia renovável, com a Grendene Energia. 

Veja também:

Blau (BLAU3) distribui R$ 32,5 mi em JCP nesta segunda-feira (17)

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.