A CSN Mineração (CMIN3), uma das principais empresas do setor, revelou que realizará a distribuição de R$ 1,8 bilhão em dividendos e juros sobre o capital próprio (JCP) nesta quarta-feira, dia 17.

Desse montante, R$ 1.550.000.000,00 serão distribuídos em dividendos intermediários, provenientes da conta de reserva de lucros. Esse valor corresponde a R$ 0,28257142280 por ação.

Além disso, R$ 279.433.501,04 serão pagos em juros sobre o capital próprio (JCP), equivalendo a R$ 0,05094188514 por ação. No entanto, é importante ressaltar que esse valor está sujeito à incidência de imposto de renda na fonte à alíquota de 15%, exceto para os acionistas imunes e isentos.

Os créditos serão destinados aos acionistas que possuíam ações até o final da sessão ocorrida em 8 de maio. A partir da sessão seguinte, realizada em 9 de maio, as ações passaram a ser negociadas ex-direitos.

Em conformidade com os avisos anteriores aos acionistas, divulgados em 28 de abril de 2023 e 23 de dezembro de 2022, os valores dos dividendos declarados na assembleia-geral ordinária (AGO) realizada em 28 de abril estarão disponíveis, a partir desta quarta-feira, sem atualização monetária, para os acionistas residentes no Brasil. Os montantes são:

R$ 631.912.324,35 para os acionistas com ações em 28 de abril de 2023; e juros sobre capital próprio (JCP) no valor de R$ 87.724.362,47, conforme aprovado e declarado em reunião do conselho de administração ocorrida em 23 de dezembro de 2022, para os acionistas com ações em 28 de dezembro de 2022.

No total, a distribuição de dividendos e juros sobre o capital próprio atingirá a marca de R$ 2.549.070.187,86, iniciando a partir desta quarta-feira, dia 17.

Veja também:

Vivara (VIVA3) atualiza pagamento de dividendos; veja novo valor por ação

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.