A Caixa Econômica Federal teve uma redução de 31,3% em seu lucro líquido no quarto trimestre de 2022 em relação ao mesmo período do ano anterior, informou o banco estatal através de demonstrações contabéis divulgadas nesta quarta-feira (22).

O lucro líquido da Caixa Econômica em 2022 foi de R$ 2,2 bilhões de outubro até o fim de dezembro, contra 3,2 bilhões de reais em 2021.

A inadimplência da carteira de crédito, ficou em 2,09% no final de 2022. O volume representa um salto quando comparado aos 1,95% registrados no quarto trimestre de 2021.

Além disso, no balanço desta quarta-feira, ainda é possível ver que o tamanho da carteira de crédito da Caixa, que chegou a 1 trilhão de reais neste 4º trimestre. O volume representa um incremento de quase 17% em apenas 1 ano. Só no ano passado, a Caixa concedeu cerca de 124 bilhões de reais em créditos.

Em todas as modalidades de crédito, ainda de acordo com o documento, houve crescimentos. O crédito imobiliário, por exemplo, saltou 13,6% em comparação com o último trimestre de 2021. Já nos consignados, o salto foi de 22,8%. O crédito para o agronegócio foi o de maior crescimento: 167,5% de um ano para outro.

Oficialmente, o banco ainda não informou ou justificou os motivos que levaram à queda do resultado. A cúpula da Caixa realizará uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira (23) para tratar do assunto. Nesta quinta-feira, 23, uma coletiva de imprensa será realizada pela cúpula da Caixa para tratar do assunto.

Veja também:
Banco Central mantém a taxa Selic a 13,75%

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.