Anteriormente considerada uma aposta segura, a Vale (VALE3) não figura mais entre as 15 empresas que mais pagaram dividendos na B3, após sofrer uma queda significativa em sua distribuição de proventos no primeiro trimestre deste ano, totalizando uma redução de US$ 1,8 bilhão.

Com base no indicador “rendimento dos dividendos” (Dividend Yield – DY), foi constatado que a Petrobras (PETR3; PETR4), CSN (CSNA3) e Marfrig (MRFG3) são as empresas que lideram a lista das maiores pagadoras de dividendos no ano.

Segue abaixo a tabela completa.

15 empresas que mais pagaram dividendos em 2023

AÇÃODividend Yield (últimos 12 meses)
Petrobras (PETR4)48,92%
Petrobras (PETR3)23,79%
CSN (CSNA3)28,49%
Marfrig (MRFG3)25,93%
Grendene (GRND3)20,26%
CSN Mineração (CMIN3)20,10%
Unipar (UNIP6)18,67%
Unipar (UNIP3)18,00%
Monark (BMKS3)17,78%
Banco BMG (BMGB4)17,44%
Ecopetrol (E1CO34)17,25%
Unipar (UNIP5)16,71%
Gerdau (GGBR3)16,01%
Sondotenica (SOND5)15,24%
Cristal (CRPG6)15,06%

Com informações de Economatica e Nord Research

A maior pagadora de dividendos em 2023 até aqui

A Petrobras registrou a maior remuneração aos acionistas em termos de dividendos durante o primeiro semestre de 2023, com um retorno de 16,1% sobre suas ações preferenciais.

De acordo com informações do portal Status Invest, os dividendos distribuídos pela Petrobras totalizaram R$ 4,7593 por ação no primeiro semestre de 2023. No entanto, em comparação com o mesmo período em 2022, houve uma queda de 28,81% nos lucros da empresa.

Além disso, a Petrobras anunciou dividendos adicionais para o ano de 2023, mas ainda não foram pagos aos investidores. Estes dividendos correspondem a R$ 0,946788 por ação e serão pagos tanto em 18 de agosto quanto em 20 de setembro deste ano.

Esses mesmos valores e datas de pagamento também se aplicam às ações ordinárias da Petrobras (PETR3), que ficaram em terceiro lugar entre as empresas que mais pagaram dividendos durante o semestre.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.