Na última quinta-feira (1º), a maioria dos membros do Senado dos Estados Unidos votou a favor de um projeto de lei que suspende temporariamente o limite máximo da dívida do governo. A aprovação ocorre poucos dias antes do prazo final para evitar um possível calote inédito por parte do governo dos EUA.

O projeto resulta de um acordo entre os partidos republicano e democrata e tem como objetivo suspender o chamado limite da dívida federal dos EUA, que atualmente está em US$ 31,4 trilhões.

A proposta já havia sido aprovada na Câmara dos Representantes com uma votação de 314 a 117. Em seguida, foi enviada ao Senado, onde obteve 63 votos a favor e 36 contra. Agora, o projeto segue para a sanção do presidente Joe Biden.

Após a aprovação, Biden fez um pronunciamento expressando sua gratidão pela votação e afirmou que o acordo bipartidário representa uma grande conquista para a economia americana. O presidente manifestou seu “entusiasmo” em sancionar a lei o mais rápido possível.

O debate sobre a aprovação dessa proposta foi marcado por um impasse entre os democratas e os republicanos, resultando em uma corrida contra o tempo para o governo.

O Departamento do Tesouro alertou que não conseguiria pagar todas as suas obrigações a partir de 5 de junho, caso o Congresso não tomasse medidas para suspender o limite da dívida.

Entenda os novos moldes do teto da dívida americana

Desde 1917, os Estados Unidos possuem um mecanismo que limita a quantidade de dívida que o governo pode acumular durante o ano fiscal, que vai de outubro a setembro. Neste ano, o limite de US$ 31,4 trilhões foi atingido já em janeiro.

Com a aprovação no Senado e na Câmara, o limite da dívida fica suspenso pelo menos até 1º de janeiro de 2025, ou seja, após as eleições presidenciais dos EUA, que ocorrerão em novembro de 2024.

Além disso, o projeto de lei também impõe limites aos gastos do governo nos próximos dois anos, acelera o processo de licenciamento de determinados projetos de energia, recupera fundos não utilizados durante a pandemia e amplia os requisitos de trabalho para programas de auxílio alimentar, alcançando um número maior de beneficiários.

Equipe MI

Equipe de redatores do portal Melhor Investimento.