O programa Desenrola Pequenas Empresas, que começou a operar há apenas três semanas, já renegociou R$ 860 milhões em dívidas por meio dos bancos públicos. O Banco do Brasil lidera as renegociações com R$ 500 milhões, seguido pela Caixa Econômica Federal, com R$ 380 milhões, de acordo com dados do Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte. No total, foram realizadas 18 mil operações de crédito até esta quarta-feira (6). Empresas que negociaram suas dívidas e realizaram o pagamento à vista conseguiram um desconto de até 95% no valor.

Quem pode participar

Desde o início do programa, os bancos participantes têm oferecido oportunidades para renegociação de dívidas bancárias para Microempreendedores Individuais (MEI), micro e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões. As dívidas elegíveis são aquelas não pagas até 23 de janeiro de 2024, permitindo que esses empresários obtenham os recursos necessários para manter suas atividades.

Como participar do Desenrola

Para aderir ao programa, o microempreendedor ou pequeno empresário deve entrar em contato com a instituição financeira onde possui a dívida. Cada instituição financeira participante definirá suas próprias condições e prazos para a renegociação, que poderá ser realizada por intermédio dos canais de atendimento oficiais, como agências, internet ou aplicativos móveis.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) alerta que somente os bancos cadastrados no programa poderão oferecer as condições especiais de renegociação. Em caso de dúvidas ou suspeitas sobre ofertas de renegociação, os empresários são aconselhados a contatar seus bancos pelos canais oficiais e a não aceitar propostas fora dessas plataformas.

PróCred360: o próximo passo

A partir de julho, as empresas “desenroladas” terão acesso a um crédito com taxas de juro especiais, para fomentar o crescimento e aumento de produtividade. Trata-se do programa PróCred360, que foi oficializado no último mês de abril, com a assinatura da MP do programa Acredita.

Com o Desenrola Pequenas Empresas, micro e pequenas empresas têm uma oportunidade única de regularizar suas dívidas e obter condições favoráveis para continuar suas operações. A adesão ao programa pode ser o primeiro passo para um futuro financeiro mais estável e promissor.

Julia Peres

Redatora do Melhor Investimento.