Você já ouviu falar em Gestão patrimonial? Apesar de ser mais conhecido no âmbito empresarial, é importante destacar que este serviço especializado representa pilar essencial na preservação e expansão dos bens, tanto para empresas, quanto para indivíduos e famílias. 

Nesse contexto, a gestão adequada torna-se crucial, não apenas para conservar esses recursos conquistados com tanto esforço, mas também para fazê-los prosperar de maneira estratégica. 

Ao longo da história, a noção de patrimônio evoluiu, transitando do simples legado ou herança, para abranger bens, direitos e obrigações de empresas, indivíduos e famílias. Em suma, a gestão patrimonial, hoje, vai além do simples ato de preservar, expandindo-se para uma abordagem que visa otimizar e fazer o patrimônio trabalhar a favor de seu detentor.

Tendo isso em vista, o Melhor Investimento separou neste presente artigo, tudo que você precisa saber sobre o tema, em uma linguagem clara e descomplicada. Continue acompanhando e fique por dentro!

Primeiro e acima de tudo, o que é gestão empresarial?

Antes de nos aprofundarmos em maiores detalhes, vamos compreender do que se trata a gestão empresarial. Em síntese, diz respeito a um tipo de serviço praticado por profissionais do mercado financeiro, dedicado à administração e controle de bens, direitos e obrigações de indivíduos, famílias ou empresas.

Cabe adiantar que esse serviço apresenta variações, podendo ser categorizado com base em diversos critérios, como o perfil do cliente, o tamanho de seu patrimônio e seus objetivos específicos. Devido a este aspecto, iremos tratar dos tipos de gestão patrimonial mais adiante. 

Contudo, por hora, é importante compreender o que é patrimônio. Em suma, atribuímos a denominação de patrimônio aos bens, direitos e obrigações de uma empresa, pessoa ou família. 

A grosso modo, entende-se como patrimônio tudo aquilo que pode ser convertido em dinheiro.

Tipos de patrimônio

Pode-se classificar o patrimônio da seguinte forma: 

ClassificaçãoDefinição resumidaExemplos
Bens tangíveisBens que podem ser tocados e possuem valor concreto.Imóveis, veículos, joias, dinheiro, investimentos financeiros, maquinários, entre outros.
Bens intangíveisBens que não possuem uma forma física tangível.Marcas, licenças, patentes, reputação, direitos autorais, entre outros.
Passivos ou obrigaçõesTodos os compromissos financeiros assumidos pelo cliente.Dívidas, salários, impostos, empréstimos, custos, duplicatas, entre outros.
DireitosRecursos a receber.Pagamentos a receber de aluguéis, porcentagens em negociações, recursos provenientes de vendas, juros a receber, entre outros.

Tipos de gestão patrimonial 

Neste artigo iremos, basicamente, classificar quatro tipos de gestão patrimonial, são eles: Wealth Management, Family Office, Consultorias empresariais e Bancos de investimento e. O objetivo da contratação é ter suporte para administrar os recursos de forma inteligente, buscando alternativas de preservar e aumentar esse patrimônio.  

Wealth Management

Em tradução livre, Wealth Management pode ser entendido como “Gestão de Fortunas” ou “Gestão de Riqueza”. De modo breve, é um serviço especializado voltado para a administração de grandes fortunas familiares ou individuais.

Essa modalidade de gestão tem como objetivo principal fornecer suporte na administração inteligente dos recursos financeiros, visando preservar e expandir o patrimônio do cliente. 

Tal suporte fica a cargo de profissionais ou equipes qualificadas, responsáveis por adotar uma abordagem estratégica que busca identificar desde oportunidades de investimento até estratégias para minimizar riscos, garantindo uma gestão financeira eficiente e alinhada aos objetivos do cliente.

Sendo assim, os profissionais que oferecem o serviço podem ficar responsáveis por diversas funções atreladas à administração do patrimônio do cliente, incluindo, consultoria financeira, serviços de contabilidade, atividades fiscais, planejamento imobiliário, consultoria de investimentos, entre outros. 

Family Office

O family office é um tipo de gestão patrimonial, que atua de forma abrangente, prestando assessoria para toda uma família. O termo traduzido para o português pode ser entendido como “escritórios de família”. 

Nesta linha, a modalidade tipo de serviço visa analisar cada membro da família, incluindo aqueles que são economicamente ativos e os dependentes, e desenvolver estratégias para proteger e expandir seu patrimônio ao longo do tempo. 

Para melhor caracterizar o serviço, é importante frisar que esta categoria de gestão, em geral, é composta por toda uma equipe de profissionais especializados dedicados a preservar o patrimônio familiar e promover seu crescimento. O quadro de especialistas é constituído, sim, por gestores, analistas, economistas, mas também se expande a advogados, contadores, entre outros.

Por último, é importante ressaltar que o mercado oferece duas modalidades de Family Office: o modelo Single, que oferece serviços personalizados voltados para um único grupo familiar, e o modelo Multi, que fornece soluções padronizadas para diversos grupos familiares.

Consultorias empresariais 

Como o nome já sugere, consultorias empresariais são serviços voltados para a gestão do patrimônio de uma empresa. Isso abrange não apenas os ativos tangíveis, mas também os intangíveis, como marca, direitos autorais e patentes, que são parte essencial do patrimônio corporativo.

Neste tipo, estamos falando de uma modalidade mais voltada a diagnosticar problemas específicos, e formular soluções para tal. Portanto, trata-se de um serviço cuja contratação é pontual. Geralmente, esses serviços englobam a elaboração de balanços patrimoniais, otimização de custos, contabilidade e outras atividades afins. 

É relevante destacar que o consultor, embora trabalhe em conjunto com a empresa, não assume a responsabilidade pela tomada de decisão. Essa responsabilidade continua sendo dos gestores do negócio. A consultoria, assim, desempenha apenas um papel de apoio nesse processo.

Bancos de investimento

Por fim, também torna-se pertinente destacar a possibilidade de acessar serviços de gestão patrimonial por meio da consultoria de bens fornecida pelo mercado financeiro via bancos de investimentos. A modalidade pode ser uma opção atraente por independer do volume de capital financeiro.

Empresas especializadas oferecem esse serviço por meio de profissionais e produtos dedicados à administração de bens. Através dos bancos de investimento, é possível acessar uma variedade de produtos de investimento, esclarecer dúvidas sobre esses processos, obter análises do setor, entre outras oportunidades disponíveis.

Contudo, é essencial ressaltar que esse serviço não costuma ser personalizado ou exclusivo. Embora as instituições financeiras possam fornecer um atendimento mais dedicado a clientes de renda mais alta, as soluções são geralmente padronizadas e limitadas a demandas básicas.

Como ocorre o processo de gestão empresarial?

Como mencionado anteriormente, o processo de gestão patrimonial apresenta diversas variações, as quais dependem principalmente das necessidades e objetivos do cliente, além do tipo de serviço contratado.

Logo, não existe um padrão exato de etapas a serem rigorosamente seguidas durante o processo. No entanto, geralmente, a gestão patrimonial incluirá as seguintes fases: 

  1. Inventário dos bens: basicamente, consiste no levantamento completo de todo o patrimônio do cliente; 
  2. Avaliação dos ativos existentes: é análise do valor de tudo o que pode ser convertido em dinheiro de algum modo (imóveis, patentes, recursos em conta, etc.); 
  3. revisão das vidas úteis: cálculo do tempo de utilização viável para cada item
  4. Atualização dos bens: monitoramento do valor de cada ativo, considerando valorizações, depreciações e outras variáveis relevantes;
  5. Conciliação físico-contábil: realização do comparativo entre os bens do inventário e os registros contábeis; 
  6. Teste Impairment: avaliação para verificar se os ativos estão desvalorizados, no intuito de assegurar que os valores no balanço patrimonial estejam corretos.

Por que realizar a gestão patrimonial? Quais são as vantagens? 

Ao contar com uma gestão patrimonial eficaz, o cliente pode se beneficiar em diferentes frentes, na administração do seu patrimônio, incluindo, gestão de riscos, planejamento familiar e sucessório, acompanhamento e desenvolvimento da carteira, além de receber assessoria contábil, jurídica e tributária, entre outros serviços essenciais.

Sendo assim, pode-se destacar diversas vantagens que podem ser obtidas pelo cliente ao contratar um serviço de gestão patrimonial, tais como: 

  • Diminuição da vulnerabilidade dos ativos a potenciais riscos;
  • Aconselhamento especializado e orientação financeira;
  • Assessoria em diferentes áreas atreladas ao patrimônio; 
  • Acesso às opções de investimento mais vantajosas, alinhadas ao perfil individual do investidor;
  • Acesso à avaliação regular de desempenho, com ajustes na composição da carteira; 
  • Entre outras. 

Em resumo, um serviço de gestão patrimonial pode oferecer uma série de vantagens, desde a maximização dos retornos financeiros até a proteção do patrimônio e o alcance de objetivos financeiros de longo prazo. 

Ao contar com a expertise e orientação de profissionais qualificados, os clientes podem desfrutar de maior tranquilidade e segurança em relação ao seu patrimônio financeiro.

Para qual perfil, a gestão patrimonial é mais recomendada? 

A gestão patrimonial é altamente recomendada para empresas, indivíduos ou famílias que precisam gerenciar grandes fortunas, especialmente quando o cliente se enquadra no seguinte perfil:

  • Tem restrições de tempo para administrar eficazmente o patrimônio;
  • Possui conhecimento limitado sobre as melhores práticas de gestão de ativos;
  • Necessita da contratação de múltiplos profissionais para lidar com diversas questões relacionadas ao patrimônio.

Em resumo, a gestão patrimonial é essencial para aqueles que buscam uma abordagem profissional, eficiente e especializada na administração de seus recursos financeiros. 

Ao delegar essa responsabilidade a especialistas em gestão patrimonial, os clientes podem desfrutar de tranquilidade e segurança, sabendo que seus ativos estão sendo cuidadosamente gerenciados de acordo com seus interesses e objetivos financeiros.

Lucas Machado

Redator do Melhor Investimento e estudante de Psicologia, com mais de dois anos de experiência em redação de artigos relacionados aos mais variados assuntos e campos do saber.