Estar por dentro do calendário das ações que pagam dividendos é fundamental para ampliar o seu portfólio e aproveitar os maiores proventos do mercado de investimentos.

Para ajudar o investidor ligado no Melhor Investimento a construir um patrimônio robusto e a tão sonhada renda passiva, preparamos hoje um artigo que irá te informar quais empresas pagam dividendos em julho de 2024, bem como o tipo de provento e os valores a serem recebidos.

Contexto atual do mercado de ações

Em maio de 2024, o principal índice da bolsa brasileira renovou três vezes as mínimas em seis meses, fechando o mês com uma queda de 3%. Em junho, até o fechamento deste artigo, o índice estava cotado em 122 mil pontos, bem distante dos dias em que o sol brilhava firme, com o Ibovespa na casa dos 134 mil pontos.

Esse movimento tem interferência direta de alguns fatores: curva de juros em alta, desvalorização cambial e, principalmente, uma reação negativa do mercado por conta da divisão na reunião do Copom (Comitê de Política Monetária).

Seria esse o momento de aproveitar o Bull Market?

Apesar do cenário desafiador, investidores atentos sabem que momentos de baixa no mercado podem apresentar excelentes oportunidades. A queda no Ibovespa e a volatilidade aumentada podem assustar no curto prazo, mas para aqueles focados no longo prazo e na construção de uma carteira de dividendos, esse pode ser o momento ideal para encontrar boas empresas a preços descontados.

O que são dividendos e quais são os principais tipos?

Antes de entrarmos nas empresas que pagarão dividendos no mês de julho, é essencial reforçar o conceito de dividendo e seus tipos, pois cada estratégia de investimento e perfil de investidor tem suas especificidades.

Dividendos são parcelas do lucro de uma empresa distribuídas aos acionistas como uma forma de remuneração pelo capital investido. Eles representam uma parte dos lucros que a empresa decide não reinvestir no negócio, mas sim compartilhar com seus acionistas. Essa distribuição pode ocorrer de várias maneiras, cada uma com suas próprias características e implicações para os investidores.

Os dividendos em dinheiro são a forma mais comum de distribuição. Neste caso, a empresa paga uma quantia em dinheiro por ação que cada acionista possui. Esse tipo de dividendo é ideal para investidores que procuram uma fonte de renda regular e imediata. O valor recebido pode ser utilizado pelo investidor como desejar, seja para reinvestir em outras ações, seja para cobrir despesas pessoais.

Os dividendos em ações ocorrem quando a empresa emite ações adicionais aos acionistas em vez de pagar em dinheiro. Isso aumenta o número de ações que cada investidor possui, sem alterar a participação proporcional de cada acionista na empresa. Esse tipo de dividendo pode ser vantajoso para investidores que buscam aumentar sua participação na empresa sem a necessidade de novos aportes financeiros. No entanto, pode diluir o valor das ações existentes se a empresa não estiver em crescimento.

Os juros sobre capital próprio (JCP) são uma forma específica de distribuição de lucros permitida no Brasil, onde a empresa paga juros aos acionistas com base no capital próprio. Essa distribuição é dedutível do lucro tributável da empresa, proporcionando benefícios fiscais. Para o investidor, os JCP são tributados diretamente na fonte, o que pode ser uma vantagem ou desvantagem dependendo da situação fiscal individual e da taxa de imposto aplicável.

Quais ações pagam dividendos em Julho de 2024

Chegamos no ponto principal deste artigo!

Confira a seguir quais são as empresas que pagam dividendos em julho de 2024, bem como o valor a ser pago e a data com. Lembrando que a “data com” é a data-limite para que o investidor esteja com as ações na carteira e tenha direito a receber os dividendos ou Juros sobre Capital Próprio (JCP).

Ou seja, para receber esses rendimentos, é essencial possuir as ações até a data com indicada. Vamos às tabelas:

Dividendos previstos para a primeira quinzena de julho de 2024

DataEmpresaCódigoTipoValorData Com
01/07/2024Banco Itaú UnibancoITUB3JCP0.017731/05/2024
01/07/2024Banco Itaú UnibancoITUB4JCP0.017731/05/2024
01/07/2024ItaúsaITSA3JCP0.023531/05/2024
01/07/2024ItaúsaITSA4JCP0.023531/05/2024
01/07/2024Banco BanestesBEES3JCP0.022803/06/2024
01/07/2024Banco BanestesBEES4JCP0.022803/06/2024
01/07/2024Banco BradescoBBDC3JCP0.017203/06/2024
01/07/2024Banco BradescoBBDC4JCP0.019003/06/2024
01/07/2024Mitre RealtyMTRE3Dividendo0.027820/06/2024
01/07/20243R PetroleumRRRP3Dividendo0.385030/04/2024
09/07/2024JHSFJHSF3Dividendo0.030928/06/2024
15/07/2024AllosALOS3Dividendo0.559730/04/2024

Dividendos previstos para a segunda quinzena de julho de 2024

DataEmpresaCódigoTipoValorData Com
23/07/2024TIMTIMS3Dividendo0.180609/04/2024
25/07/2024CEGCEGR3JCP0.294615/12/2023
25/07/2024CEGCEGR3Dividendo0.320729/04/2024
25/07/2024CEGCEGR3Dividendo0.157729/04/2024
26/07/2024Engie BrasilEGIE3JCP0.177721/12/2023
26/07/2024Engie BrasilEGIE3Dividendo1.218806/05/2024
29/07/2024EcorodoviasECOR3Dividendo0.194513/05/2024
30/07/2024JereissatiIGTI3Dividendo0.024118/04/2024
30/07/2024JereissatiIGTI4Dividendo0.072218/04/2024
30/07/2024JereissatiIGTI11Dividendo0.168518/04/2024
31/07/2024Vivo – Telefônica BrasilVIVT3JCP0.907710/04/2024
31/07/2024Conservas OderichODER4JCP0.124004/01/2024
31/07/2024Conservas OderichODER4JCP0.132005/10/2023
31/07/2024Conservas OderichODER4JCP0.124007/07/2023
31/07/2024TupyTUPY3JCP0.255222/01/2024
31/07/2024AlliedALLD3JCP1.069815/04/2024

Quais foram as ações que mais pagaram dividendos em 2024?

No primeiro trimestre de 2024, as companhias listadas na bolsa brasileira alcançaram um recorde histórico, distribuindo R$ 76,7 bilhões em dividendos para seus acionistas.

Liderando o ranking, a Petrobras (PETR4) pagou R$ 17,9 bilhões em proventos, representando 23% do total nacional e marcando uma alta de 28% em relação ao mesmo período do ano anterior. Logo em seguida, o Itaú (ITUB4) se destacou com um pagamento de R$ 16,6 bilhões, um aumento anual surpreendente de 204%, mostrando um crescimento expressivo.

A Vale (VALE3) também fez uma contribuição significativa, pagando R$ 12,4 bilhões, o que representa uma alta de 29% em comparação ao primeiro trimestre de 2023. Além destas, outras grandes empresas como Itaúsa (ITSA4) e Banco do Brasil (BBSA3) também se destacaram em termos de distribuição de dividendos.

Ranking das maiores pagadoras de dividendos no 1º trimestre de 2024:

  1. Petrobras (PETR4) – pagou R$ 17,9 bilhões ou R$ 1,37 por ação
  2. Itaú (ITUB4) – pagou R$ 16,6 bilhões ou R$ 1,69 por ação
  3. Vale (VALE3) – pagou R$ 12,4 bilhões ou R$ 2,74 por ação
  4. Itaúsa (ITSA4) – pagou R$ 6,5 bilhões ou R$ 0,62 por ação
  5. Banco do Brasil (BBSA3) – pagou R$ 3,6 bilhões ou R$ 1,26 por ação

1. Petrobras (PETR4)

A Petrobras manteve sua posição de maior pagadora de dividendos do Brasil, reportando uma forte geração de caixa no último trimestre. A empresa pagou R$ 17,9 bilhões em proventos, representando 23% do total nacional e um aumento de 28% em relação ao ano anterior. Sua política atual de dividendos considera o pagamento de 45% do fluxo de caixa livre, o que ainda proporciona um dividend yield de 13% a 14% ao longo de 2024. No entanto, as incertezas sobre possíveis mudanças na política de dividendos e a influência do governo são fatores a serem observados.

2. Itaú (ITUB4)

O Itaú distribuiu R$ 16,6 bilhões em dividendos, ou R$ 1,69 por ação, nos primeiros três meses de 2024, o que representa um aumento anual surpreendente de 204%. Com um dividend yield de mais de 8%, o banco voltou a alegrar seus acionistas após um período de redução na distribuição de dividendos durante a pandemia. O lucro líquido do Itaú cresceu 15% em 2023, superando o desempenho combinado de Bradesco e Santander. A projeção de crescimento para 2024 é de 12%, com dividendos mensais consistentes.

3. Vale (VALE3)

A Vale pagou R$ 12,4 bilhões em dividendos, ou R$ 2,74 por ação, no primeiro trimestre de 2024. Mesmo com um lucro 35% menor no quarto trimestre de 2023, a mineradora se manteve como uma grande geradora de caixa, permitindo a distribuição de altos proventos aos seus acionistas. O dividend yield da Vale foi elevado para 13,1%, bem acima de sua própria média. Apesar da dependência do mercado chinês e das incertezas econômicas, a Vale continua a entregar retornos elevados.

4. Itaúsa (ITSA4)

A holding controladora do Itaú, a Itaúsa, pagou R$ 6,5 bilhões em dividendos, ou R$ 0,62 por ação, no primeiro trimestre de 2024. A empresa, que vinha sendo questionada por seus baixos dividendos, elevou seu dividend yield para quase 9% com o novo pagamento. Investir em Itaúsa significa também investir em outras companhias do portfólio da holding, como Alpargatas e Dexco, embora com maior exposição ao Itaú.

5. Banco do Brasil (BBAS3)

O Banco do Brasil distribuiu R$ 3,6 bilhões em dividendos, ou R$ 1,26 por ação, no primeiro trimestre de 2024. O banco estatal tem apresentado uma gestão eficiente, com lucros e ROE (Retorno sobre Patrimônio) elevados. Embora a União detenha 50% do banco, os riscos associados a essa estrutura são precificados em suas ações, que negociam a múltiplos menores em relação a seus pares privados.

Como investir em ações que pagam dividendos?

Agora que você já conhece as empresas que irão remunerar acionistas no mês de Julho e as principais pagadoras deste mês, o próximo passo é construir a sua carteira.

Investir em ações que pagam dividendos é uma estratégia popular entre investidores que buscam rendimentos passivos e crescimento de longo prazo. Aqui estão alguns passos e dicas para começar:

1. Compreender o que são dividendos

Como mencionado no início do texto, os dividendos são uma parte dos lucros de uma empresa que é distribuída aos acionistas. Essas distribuições podem ser feitas em dinheiro ou em ações adicionais. Empresas que pagam dividendos geralmente são mais maduras e estáveis, com fluxo de caixa consistente.

2. Definir seus objetivos de investimento

Determine se o seu foco é renda passiva imediata ou crescimento de capital a longo prazo. Investir em ações que pagam dividendos pode fornecer um fluxo constante de renda, mas também pode contribuir para o crescimento do portfólio através do reinvestimento dos dividendos.

3. Escolher a corretora ideal

Abra uma conta em uma corretora de valores que ofereça uma plataforma de negociação robusta e taxas competitivas. Certifique-se de que a corretora tenha acesso ao mercado de ações que você deseja investir.

4. Pesquisar e selecionar boas ações

Procure por empresas com histórico consistente de pagamento de dividendos. Considere fatores como:

  • Histórico de dividendos: Empresas que aumentam ou mantêm seus dividendos consistentemente ao longo do tempo.
  • Taxa de dividendos: Também conhecida como Dividend Yield. A relação entre os dividendos pagos e o preço da ação.
  • Payout Ratio: Percentual do lucro líquido que é distribuído como dividendos. Um payout ratio muito alto pode não ser sustentável.

5. Avaliar a saúde financeira da empresa

Antes de investir, analise a saúde financeira da empresa. Verifique indicadores como o lucro por ação (EPS), endividamento, fluxo de caixa e perspectiva de crescimento. Empresas financeiramente saudáveis têm maior probabilidade de manter ou aumentar seus dividendos.

6. Diversificar o portfólio

Evite concentrar seus investimentos em poucas ações. Diversifique entre diferentes setores e tipos de empresas para reduzir riscos.

7. Monitorar e ajustar o portfólio

Acompanhe regularmente o desempenho das suas ações e os anúncios de dividendos. Ajuste seu portfólio conforme necessário para manter a estratégia alinhada com seus objetivos de investimento.

Neste acompanhamento, o portal Melhor Investimento surge como um forte aliado, com notícias e artigos diários sobre diversos fundos destaque do mercado, além de uma série de e-books e ferramentas que vão te ajudar a potencializar os seus resultados.

Pedro Gomes

Jornalista e Redator do Melhor Investimento.